Montreal 2013: André Brasil ganha primeira medalha de ouro para o País; Phelipe Rodrigues é bronze

Compartilhe:

André Brasil confirmou sua fama de multimedalhista e conquistou nesta segunda-feira (12) o primeiro ouro do Brasil no Mundial de Natação, em Montreal, Canadá. Nos 100m livre S10, André marcou o tempo de 51s57 e garantiu a medalha dourada. O norte americano Ian Jaryd Silverman e o também brasileiro Phelipe Rodrigues completaram o pódio da prova.

Mais cedo, André já havia dito que os 100m livre S10 era sua prova, e que ninguém tiraria a medalha dele. Após a prova, o nadador falou que o título – terceiro na distância – é muito importante para ele, mas que ainda tem ambições para o futuro. “A gente vem batalhando para nadar abaixo dos 50s. Ninguém é imbatível. Fico feliz com a medalha de ouro, mas não saí satisfeito com meu tempo”, analisou André.

O companheiro de seleção Phelipe Rodrigues também não se disse 100% satisfeito com o desempenho na final. Apesar de dizer que esperava outra medalha, pretende usar a conquista como motivação para as próximas disputas. E sem esconder a vontade de subir mais no pódio, explicou o que aconteceu nos 100m livre. “Passei muito mais forte do que queria. Acabei me afobando quando vi que estava em primeiro, e aí faltou perna, faltou tudo no final. Mas ainda não acabou, nado mais quatro vezes, então é bola para frente”, completou.

Com a dobradinha de André e Phelipe, o Brasil fechou o primeiro dia de competições com cinco medalhas, sendo uma de ouro, uma de prata e três de bronze.

A participação brasileira no Mundial de Montreal é custeada por um convênio com o Ministério do Esporte. A parceria, que também financiou a equipe de atletismo em Lyon, no Mundial da modalidade, ainda abarca outras 13 modalidades.

Fonte: Comitê Paralímpico Brasileiro