Prefeitura de Barueri (SP) cria oportunidade de trabalho para as pessoas com deficiência

Compartilhe:

A Prefeitura de Barueri, através da Secretaria dos Direitos da Pessoa com Deficiência, criou o programa “Construindo Oportunidades”, com o objetivo de promover a inclusão de pessoas com deficiência no mercado de trabalho. A ideia é proporcionar qualificação profissional e auxiliar nos processos de contratação e pós-contratação.

O programa utiliza a metodologia do emprego apoiado, com o intuito de facilitar a empregabilidade e oferecer às empresas mais oportunidades de contar com a potencialidade das pessoas com deficiência em seu quadro de funcionários. E visa também apoiar empresas no cumprimento da Lei de Cotas n° 8.213 – em que empresas com 100 ou mais empregados está obrigada a preencher de 2% a 5% dos cargos com pessoas com deficiência.

Não é o caso do restaurante e café “A Condessa”, localizado dentro do Ganha Tempo, que incluiu em seu quadro de funcionários duas pessoas com deficiência, mesmo não precisando cumprir o que é estabelecido na Lei de Cotas. “Sempre trabalhei em causas sociais, sei que essas pessoas precisam de uma oportunidade. Sei que não tenho obrigação de contratá-las, mas a satisfação é enorme em tê-las aqui em meu restaurante. Mesmo elas tendo uma certa deficiência, eu vejo uma grande evolução em apenas algumas semanas de trabalho e elas sempre com sorriso no rosto, demonstrando amor no que fazem. É gratificante”, disse Flávia Lombisani, proprietária do restaurante.

Serviços às empresas
Para ultrapassar barreiras junto às pessoas com deficiência, a Secretaria dos Direitos da Pessoa com Deficiência desenvolve esse programa de empregabilidade, que oferece para as empresas os seguintes serviços especializados voltados para as pessoas com deficiência: treinamento e cursos profissionalizantes, indicação de currículos, mapeamento de funções e vagas de trabalho, promoção de palestras de sensibilização e conscientização para os demais funcionários da empresa, apoio técnico para melhoria da acessibilidade em seu estabelecimento e acompanhamento pós-contratação.
 
O trabalho é visto como uma oportunidade de igualdade social para as novas funcionárias do restaurante. A garçonete Carina Souza, de 22 anos, deficiente intelectual, percebeu essa igualdade. “Já aprendi muito, arrumar as coisas, lavar a louça e principalmente atender e servir as pessoas e ser tratada sem diferenças”, diz.

Já a balconista Lilian Ferreira, de 31 anos, também deficiente intelectual, vê o trabalho como um divisor de águas. “Começar a trabalhar é mostrar para as pessoas que podemos fazer tudo, até minha família está com orgulho de mim. Aqui o que eu aprendo é ter mais cuidado com as coisas e conviver com outras pessoas, estou até menos tímida agora”, conta.

Programa Construindo Oportunidades
Para entrar no programa, a pessoa que procura uma oportunidade de emprego tem que ser moradora de Barueri. Já para as empresas inclusivas que quiserem apoiar o programa e investir em responsabilidade social, devem estar localizadas próximas à região de Barueri, e entrar em contato com a Secretaria dos Direitos da Pessoa com Deficiência no e-mail sdpd.empresas@barueri.sp.gov.br, ou pelo no telefone 4194-0252.

Fonte: Prefeitura de Barueri