Sem medo de altura, cadeirante se aventura na tirolesa no Rock in Rio

Compartilhe:

O cadeirante Leonardo Nascimento viveu uma aventura na tarde deste domingo (15), terceiro dia de Rock in Rio, na cidade do Rio de Janeiro (RJ). O estudante de 22 anos resolveu se arriscar na tirolesa e demonstrou coragem. Acompanhado na irmã e da namorada, Leonardo era o centro das atenções no brinquedo.

“Eu vim ao Rock in Rio em 2011 e fiquei com vontade de ir nesse brinquedo. Dessa vez eu não pensei duas vezes e vim aqui. Estou adorando ser o centro das atenções e estou muito ansioso”, contou.

Leonardo mora em Brás de Pina, no Subúrbio do Rio, e tem Ataxia de Friedreich, uma doença neurodegenerativa, que se desenvolveu quando ele tinha 16 anos. O estudante foi conduzido pela equipe do Rock in Rio até o alto do brinquedo e, após 25 minutos, saltou.

“Foi muito além da minha expectativa. Eu não tenho medo de altura, não fiquei com medo. Achei bem rápido, quero ir de novo”, brincou.

Depois da aventura, ele só pensa em curtir o show. "Eu queria ver o Bon Jovi, mas não consegui ingresso. Estou louco para ver o show do Justin hoje", revelou.

Fonte: G1

11 respostas para “O que aprendi ao falar no TEDx Talks”

  1. Bom dia. Sou pessoa que gagueja e a vida toda sofri com essa dificuldade. Não consigo me expressar a maneira que gostaria. A gagueira me causa sofrimento, tenho 36 anos e sempre gaguejei. No trabalho isso me causa desconforto, porque as pessoas não entendem o que é a gagueira, alguns riem, outros fazem piadas, outros tem pena de mim. Em entrevistas de emprego sou excluída.
    Não sou uma pessoa considerada ” normal”, mas também não sou considerada deficiente. Esse projeto de lei me trouxe esperança. Muito obrigada pela postagem.

  2. Vcs que tem alguma diferença física dos outros, nuncam se sintam inferiores, somos todos iguais. Deus, Ele nos fez perfeitos com muito amor e todos somos capazes, nunca deixe se elevar pelo sentimento ruim de alguém que não sabe se expressar, qualquer ser humano pode superar suas dificuldades, se orgulhe de vcs, são capazes de fazer sempre o melhor, e use a seu favor: a paciência, benovolência e a calma e toda a sabedoria que vcs tem. Um grande abraço meus irmãos.

  3. em algumas companhias de avião (Latam, Gol…) só é permitido o voo gratuito do def.fisico em caso de tratamento médico comprovado, para isso deve preencher cadastro valido por um ano, no caso do acompanhante terá 50% de desconto na viagem. melhores informações no Youtube “Pessoas com deficiência terão passe livre em aviões” ou similares. boa sorte

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *