Motorista que desrespeitar vaga especial poderá ser guinchado

Compartilhe:

Um projeto de lei quer tornar mais rígida a punição aos motoristas que desrespeitam as vagas reservadas a idosos e a pessoas com deficiência.

Hoje, quem comete essa irregularidade paga uma multa de pouco mais de R$ 50. Se a mudança for aprovada, o valor mais que dobra e o carro do motorista espertinho pode até ser guinchado.

Em um shopping da Zona Oeste de São Paulo, as vagas especiais estão bem sinalizadas, mas tem motorista que insiste em ocupá-las sem ter esse direito. “Essa vaga é de idoso. Vou pegar uma pessoa aqui agora rapidinho. É só pegar, não ia ficar parado não”, diz um senhor. E olha que a direção do shopping criou uma espécie de ‘multa moral’. Seguranças deixam nos carros estacionados de forma irregular panfletos para lembrar que o motorista está errado. “Como nós não temos poder de polícia e não podemos multar o veículo, a gente conta com essa conscientização”, diz Nelson Barbosa Jr., gerente de segurança do shopping.

Nas ruas de São Paulo, onde a multa é para valer, neste ano quase 4,7 mil motoristas já foram autuados por parar o carro em vagas especiais. Mesmo assim, não é difícil encontrar abusos em pontos conhecidos da cidade.

Em frente ao estádio do Pacaembu, por exemplo, sobrava espaço, mesmo assim encontramos vários veículos sem cartão de autorização estacionados em vagas para idosos. Sorte que o seu Edmilson, 62 anos, e com o cartão à mostra, também encontrou a dele. “O que falta muito nesse país, respeito, né?”, diz Edmilson Taniolo, aposentado.

O Congresso Nacional quer fazer mudanças no Código de Transito Brasileiro para endurecer a lei contra esse tipo de desrespeito. A ideia é castigar o motorista infrator no bolso. Aprovando um aumento no valor da multa pra quem estacionar indevidamente em vagas especiais. Hoje, a infração, considerada leve, acarreta três pontos na carteira e multa de R$ 53,20. Com a alteração, a infração passa a ser grave, com cinco pontos na habilitação, subindo o valor para R$ 127,69. O Congresso também quer que a lei determine o guinchamento do veículo autuado.

“Acho isso muito bom, muito bom. Já que a educação não se dá por bem, quando pega no bolso aí a pessoa aprende, não é?”, diz Davi Chaco, dentista.

Se a medida já estivesse aprovada, o dono deste carro importado, parado bem em frente à placa indicativa de vaga especial, correria o risco de ter que ir buscar o veículo no pátio da prefeitura.
A proposta para tornar a punição mais rígida foi aprovada pelo Senado e agora tem que voltar para análise da Câmara, que propôs a alteração. Se o projeto de lei for aprovado lá, vai direto para a sanção ou veto da presidente Dilma.

Fonte: Bom Dia Brasil

11 respostas para “O que aprendi ao falar no TEDx Talks”

  1. Bom dia. Sou pessoa que gagueja e a vida toda sofri com essa dificuldade. Não consigo me expressar a maneira que gostaria. A gagueira me causa sofrimento, tenho 36 anos e sempre gaguejei. No trabalho isso me causa desconforto, porque as pessoas não entendem o que é a gagueira, alguns riem, outros fazem piadas, outros tem pena de mim. Em entrevistas de emprego sou excluída.
    Não sou uma pessoa considerada ” normal”, mas também não sou considerada deficiente. Esse projeto de lei me trouxe esperança. Muito obrigada pela postagem.

  2. Vcs que tem alguma diferença física dos outros, nuncam se sintam inferiores, somos todos iguais. Deus, Ele nos fez perfeitos com muito amor e todos somos capazes, nunca deixe se elevar pelo sentimento ruim de alguém que não sabe se expressar, qualquer ser humano pode superar suas dificuldades, se orgulhe de vcs, são capazes de fazer sempre o melhor, e use a seu favor: a paciência, benovolência e a calma e toda a sabedoria que vcs tem. Um grande abraço meus irmãos.

  3. em algumas companhias de avião (Latam, Gol…) só é permitido o voo gratuito do def.fisico em caso de tratamento médico comprovado, para isso deve preencher cadastro valido por um ano, no caso do acompanhante terá 50% de desconto na viagem. melhores informações no Youtube “Pessoas com deficiência terão passe livre em aviões” ou similares. boa sorte

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *