Prefeito de Maceió veta projeto de adaptação de praças para deficientes

Compartilhe:

O prefeito de Maceió, Rui Palmeira (PSDB), vetou o projeto de lei que previa a instalação de equipamentos de ginástica e brinquedos adaptados a pessoas com algum tipo de deficiência física em praças, parques e áreas de lazer públicas da capital. A proposta havia sido encaminhada pela Câmara Municipal em julho deste ano. A decisão pelo veto foi publicada no Diário Oficial do Município (DOM) desta quinta-feira (24).

O projeto abrange todos os locais públicos que possuem brinquedos ou equipamentos de ginástica ou musculação. Neles, deveria estar presentes, também, equipamentos adaptados para pessoas com deficiência. As mudanças necessárias nestes locais, para o cumprimento desta determinação, deveriam ser feitas de forma gradativa.

O objetivo dessas mudanças seria melhorar a estrutura da cidade para os portadores de deficiência, dando condições para que eles pratiquem alguma forma de atividade física, e possam cuidar de sua saúde. O dinheiro a ser usado para a instalação destes novos equipamentos deveria sair do orçamento do município.

A proposta foi vetada porque, segundo a publicação, é vedado ao poder legislativo a iniciativa de projetos de lei de competência exclusiva do prefeito, o que gera uma inconstitucionalidade formal.

O veto também diz que a compra dos equipamentos iria interferir no orçamento do município. Para isso, seria necessário que fosse incluído no orçamento, o que não impede que isso seja feito para o próximo ano.

Fonte: Jornal Extra Alagoas

11 respostas para “O que aprendi ao falar no TEDx Talks”

  1. Bom dia. Sou pessoa que gagueja e a vida toda sofri com essa dificuldade. Não consigo me expressar a maneira que gostaria. A gagueira me causa sofrimento, tenho 36 anos e sempre gaguejei. No trabalho isso me causa desconforto, porque as pessoas não entendem o que é a gagueira, alguns riem, outros fazem piadas, outros tem pena de mim. Em entrevistas de emprego sou excluída.
    Não sou uma pessoa considerada ” normal”, mas também não sou considerada deficiente. Esse projeto de lei me trouxe esperança. Muito obrigada pela postagem.

  2. Vcs que tem alguma diferença física dos outros, nuncam se sintam inferiores, somos todos iguais. Deus, Ele nos fez perfeitos com muito amor e todos somos capazes, nunca deixe se elevar pelo sentimento ruim de alguém que não sabe se expressar, qualquer ser humano pode superar suas dificuldades, se orgulhe de vcs, são capazes de fazer sempre o melhor, e use a seu favor: a paciência, benovolência e a calma e toda a sabedoria que vcs tem. Um grande abraço meus irmãos.

  3. em algumas companhias de avião (Latam, Gol…) só é permitido o voo gratuito do def.fisico em caso de tratamento médico comprovado, para isso deve preencher cadastro valido por um ano, no caso do acompanhante terá 50% de desconto na viagem. melhores informações no Youtube “Pessoas com deficiência terão passe livre em aviões” ou similares. boa sorte

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *