UERN vai reservar 5% das vagas de graduação para deficientes em 2014

Compartilhe:

O processo seletivo da Universidade Estadual do Rio Grande do Norte (UERN) terá uma novidade a partir de 2014. De acordo com o  Diretor da Comissão Permanente de Vestibular (COMPERVE) da UERN, José Egberto Mesquita, 5% das vagas serão reservadas para pessoas com deficiência. A novidade foi informada nesta terça-feira (12) na abertura do processo seletivo.

José Egberto disse que foi por meio da aprovação da Lei Estadual 9.696, dia 25 de fevereiro de 2013, que a UERN incorporou a cota para pessoas com deficiência para o próximo processo seletivo. Essas pessoas, segundo adiantou Egberto, já tinham dentro da seleção um atendimento especial. “Agora nós temos, com a inovação dessa Lei, do atributo de 5% das vagas que são relativas as ofertas dos cursos existentes na UERN”, disse o diretor. Ao todo serão 131 vagas ofertadas.

A porcentagem será aplicada em cada curso oferecido pela instituição em 2014. Segundo Egberto, a UERN tem alguns números que são fracionados, e todas as vezes que estes números dão fracionados, há o arredondamento para o número inteiro superior. Por exemplo, os cursos que correspondem a 1,5 vagas, o número de vagas para deficientes será arredondado para duas.

O professor Edberto Mesquita Pinto lembra que esses 5% são aplicados em cada um dos cursos ofertados pela instituição no próximo ano.

Outra novidade deste ano informada pela Comperve foi a ampliação do número de vagas para o curso de Medicina.  Neste ano foram oferecidas 26 vagas, e em 2014, 60 serão abertas.

Inscrições

As inscrições começam no próximo dia 18 de novembro e vão até o dia 6 de dezembro. Os concorrentes que desejam participar do processo seletivo pelo sistema de cotas devem estar vinculadas ao que determina o Decreto Nº 5.296, de 2 de dezembro de 2004, que define o que é uma pessoa com deficiência.

Todos que se enquadrarem dentro do decreto podem solicitar o benefício do sistemas de cotas para pessoas com deficiência. O Diretor da Comperve explica que vai haver uma inscrição, onde o candidato terá que entregar documentos que oficializem sua condição de pessoas com deficiência. Esse prazo será após as inscrições, no período de 16 a 20 de dezembro.

Serão oferecidas 2.180 vagas iniciais nos cursos de graduação no próximo ano. As provas serão realizadas nos dias 02 e 03 de fevereiro, e aplicadas simultaneamente nos municípios de Mossoró, Assu, Pau dos Ferros, Patu, Natal e Caicó.

Fonte: Tribuna do Norte