Pessoas com deficiência física têm acesso a caiaque adaptado no ES

Compartilhe:

Pessoas com deficiência física passaram a ter acesso a um caiaque adaptado e podem aproveitar por completo a região da Curva da Sereia, na Praia da Costa, em Vila Velha, durante o verão. A iniciativa faz parte do projeto 'Praia Legal'.

Há três anos em atividade, o projeto possibilita que deficientes físicos aproveitem o mar por meio de equipamentos e estrutura adaptada. Por intermédio do atleta e instrutor Alexandre Vagner, além de se banharem na orla, agora eles também poderão andar de caiaque. “Toda vez eu me deparava com os cadeirantes sem poder usufruir dessa beleza maravilhosa. Eu conversei com alguns amigos e empresários, e eles me ajudaram a proporcionar essa oportunidade”, diz Alexandre.

O caiaque adaptado proporciona segurança e possui um espaço próprio para a acomodação do banhista. Assim que se sentir cansado, o cliente pode solicitar que o instrutor tire-o da água. De acordo com o aposentado e usuário do equipamento, Luiz Carlos, a iniciativa possibilitou, além de diversão, outras oportunidades. “Eu estou muito feliz. Isso ajudou muito no desenvolvimento da minha coordenação motora”, relata Luiz.

A população em geral também aprovou a novidade. Segundo o subsecretário de Pessoas com Deficiência, Anibal Chieza, o serviço estará a disposição do público, sem a necessidade de agendamento prévio. “Fora do período da alta temporada, funcionaremos sexta, sábado e domingo, das 8h às 17h. Na alta estação estaremos disponíveis todos os dias, no mesmo horário”, finalizou.

Fonte: G1 Espírito Santo

11 respostas para “O que aprendi ao falar no TEDx Talks”

  1. Bom dia. Sou pessoa que gagueja e a vida toda sofri com essa dificuldade. Não consigo me expressar a maneira que gostaria. A gagueira me causa sofrimento, tenho 36 anos e sempre gaguejei. No trabalho isso me causa desconforto, porque as pessoas não entendem o que é a gagueira, alguns riem, outros fazem piadas, outros tem pena de mim. Em entrevistas de emprego sou excluída.
    Não sou uma pessoa considerada ” normal”, mas também não sou considerada deficiente. Esse projeto de lei me trouxe esperança. Muito obrigada pela postagem.

  2. Vcs que tem alguma diferença física dos outros, nuncam se sintam inferiores, somos todos iguais. Deus, Ele nos fez perfeitos com muito amor e todos somos capazes, nunca deixe se elevar pelo sentimento ruim de alguém que não sabe se expressar, qualquer ser humano pode superar suas dificuldades, se orgulhe de vcs, são capazes de fazer sempre o melhor, e use a seu favor: a paciência, benovolência e a calma e toda a sabedoria que vcs tem. Um grande abraço meus irmãos.

  3. em algumas companhias de avião (Latam, Gol…) só é permitido o voo gratuito do def.fisico em caso de tratamento médico comprovado, para isso deve preencher cadastro valido por um ano, no caso do acompanhante terá 50% de desconto na viagem. melhores informações no Youtube “Pessoas com deficiência terão passe livre em aviões” ou similares. boa sorte

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *