Salão exibe andadores robotizados para pessoa com deficiência

Compartilhe:

Enquanto a maioria dos salões internacionais de automóveis funciona como vitrine para lançamentos de carros, o Tokyo Motor Show é mais abrangente e desempenha o papel de uma verdadeira feira de mobilidade, reunindo soluções para os mais variados tipos de público.

Uma das novidades da edição 2013 da mostra japonesa é o Lighbot, uma espécie de andador robotizado desenvolvido pela empresa NSK que guia pessoas com deficiência visual por ruas ou dentro de ambientes repletos de móveis.

Sensores detectam obstáculos e corrigem a rota. Para passeios mais longos, é possível acionar o GPS por comando de voz e deixar que o equipamento indique o caminho. Conceito, ele ainda está em desenvolvimento e à procura de um investidor, por isso não tem estimativa de preço.

Assim como as pernas biônicas, idealizadas pela Honda para ajudar na locomoção de pessoas com deficiência física ou limitações de movimentos, como os mais idosos.

De acordo com técnicos da empresa, o sistema reduz em quase metade o esforço necessário para a pessoa caminhar ou subir escadas, por exemplo. O equipamento deve ser lançado no mercado asiático nos próximos anos.

Outra solução apresentada pela Honda no Salão de Tóquio é a cadeira inteligente UNI-CUB, própria para deslocamentos em escritórios e espaços com restrição de circulação de veículos automotores. Basta inclinar o tronco na direção desejada para que o assento com rodas se desloque na velocidade de uma pessoa a pé.

Fonte: Correio do Estado