Campanha de respeito às vagas de estacionamento de idosos e pessoas com deficiência é lançada em São Roque

Compartilhe:

A Prefeitura de São Roque (SP), por meio do Departamento de Trânsito, lançou na última semana, a campanha de conscientização “Respeito é bom e todo mundo gosta”, relacionada à utilização das vagas exclusivas de estacionamento para idosos e pessoas com deficiência (Lei Municipal 3966 de autoria do Vereador Alexandre Mandi).

A iniciativa, que já conta com outdoors espalhados em pontos estratégicos da cidade, e em breve oferecerá folhetos orientativos, ganhou as ruas, após elaboração do Prefeito Daniel de Oliveira Costa, em conjunto com representantes do Departamento em questão.

Direitos:

Segundo resoluções 303/304 do Conselho Nacional de Trânsito, idosos e pessoas com deficiência têm, por lei, direito a vagas preferenciais em áreas públicas, comerciais e espaços de lazer. As vagas de estacionamento existem, mas são comuns as situações de desrespeito.

O motorista que infringir a Lei, será autuado com multa, no valor de R$ 53,20, mais 3 pontos na habilitação. Este também corre o risco de ter o veículo apreendido.  Essa punição vem ao encontro do Artigo 181 do Código de Trânsito Brasileiro.

Para usufruir das vagas:

Os idosos podem se cadastrar na Prefeitura, retirando a credencial junto ao Departamento de Trânsito. É só se dirigir ao local, preencher o formulário, e apresentar cópia de um documento com foto comprovando a idade mínima (60 anos).

Já a pessoa com deficiência, além do documento de identidade, necessita apresentar um laudo médico. O local para inscrição é o mesmo.  Informações adicionais ou denuncias sobre o desrespeito podem ser realizadas pelo telefone: (11) 4784-8528.

Esta é mais uma ação da administração municipal que mostra a preocupação de todos com que os direitos desta parcela da população sejam respeitados. “Já intensificamos a fiscalização em relação a espertinhos que ocupam estas vagas de forma inadequada. Com esta campanha levaremos mais consciência e informação para as pessoas, fazendo com que todos respeitem cada vez mais os direitos dos nossos membros da melhor idade e das pessoas com deficiência. É uma Lei Municipal que vamos cumprir e, além disso, vamos dar total amparo e divulgação. A informação já está pela cidade e ao longo de 2014, mais etapas ocorrerão, inclusive com distribuição de material junto aos alunos da nossa rede de ensino”, destaca o Prefeito Daniel.

Fonte: Guia São Roque

11 respostas para “O que aprendi ao falar no TEDx Talks”

  1. Bom dia. Sou pessoa que gagueja e a vida toda sofri com essa dificuldade. Não consigo me expressar a maneira que gostaria. A gagueira me causa sofrimento, tenho 36 anos e sempre gaguejei. No trabalho isso me causa desconforto, porque as pessoas não entendem o que é a gagueira, alguns riem, outros fazem piadas, outros tem pena de mim. Em entrevistas de emprego sou excluída.
    Não sou uma pessoa considerada ” normal”, mas também não sou considerada deficiente. Esse projeto de lei me trouxe esperança. Muito obrigada pela postagem.

  2. Vcs que tem alguma diferença física dos outros, nuncam se sintam inferiores, somos todos iguais. Deus, Ele nos fez perfeitos com muito amor e todos somos capazes, nunca deixe se elevar pelo sentimento ruim de alguém que não sabe se expressar, qualquer ser humano pode superar suas dificuldades, se orgulhe de vcs, são capazes de fazer sempre o melhor, e use a seu favor: a paciência, benovolência e a calma e toda a sabedoria que vcs tem. Um grande abraço meus irmãos.

  3. em algumas companhias de avião (Latam, Gol…) só é permitido o voo gratuito do def.fisico em caso de tratamento médico comprovado, para isso deve preencher cadastro valido por um ano, no caso do acompanhante terá 50% de desconto na viagem. melhores informações no Youtube “Pessoas com deficiência terão passe livre em aviões” ou similares. boa sorte

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *