Pessoas com deficiência visual cobram a implantação de sinais sonoros nos semáforos

Compartilhe:

Em muitas cidades, a travessia em vias públicas de pedestres com deficiência visual é facilitada por equipamento que emite sinal sonoro suave em complemento aos sinais visuais (semáforos).

Segundo o deficiente visual Rogério Marques, nas principais vias de Uberaba (MG), não há a instalação de sinais sonoros para garantir segurança e facilitar a locomoção pelas ruas. “No cruzamento da avenida Leopoldino de Oliveira com o Calçadão, nos finais de semana e no feriados, o semáforo instalado funciona no modo intermitente, o que dificulta a nossa passagem”, argumentou.

Marques lembra que, para poder atravessar a avenida nos fins de semana e feriados, os deficientes visuais precisam aguardar a boa vontade das pessoas. “A ausência de semáforos com sinal sonoro prejudica o trânsito de pessoas com deficiência. Essa cobrança é antiga, mas nenhuma autoridade dá atenção à solicitação que garante a segurança e a liberdade de ir e vir. A implantação do equipamento em vários semáforos servirá de guia ou orientação para a travessia de pessoas com deficiência visual, promovendo a acessibilidade”, ponderou.

Resposta – Em nota, a Prefeitura de Uberaba informou que o problema do sinal sonoro já está sendo solucionado. Quanto à questão dos fins de semana, a situação será avaliada de acordo com o fluxo de pedestres na via neste período. Atualmente, a decisão pelo sinal intermitente é em vista do número reduzido de pedestres a circular pelo local.

Fonte: Jornal de Uberaba