Em Teresina (PI), secretaria concede gratuidade no transporte para pessoas com deficiência

Compartilhe:

Os idosos e pessoas com deficiência de Teresina (PI) têm seus direitos garantidos através da atuação da Secretaria Municipal do Trabalho, Cidadania e de Assistencial Social (SEMTCAS), vinculada a Prefeitura de Teresina. Dentre os benefícios garantidos está a concessão de passe livre no sistema urbano de transporte coletivo da cidade. Outra gratuidade que também beneficia a população é a referente ao convênio firmado entre a Secretaria e cartórios civis, com a emissão de certidão de nascimento.

Para adquirir o benefício do passe livre, inicialmente o usuário deve se direcionar ao Centro de Referência da Assistência Social (CRAS) mais próximo de sua residência, onde é feito um cadastro, que em seguida é encaminhado para Semtcas, que agenda data do comparecimento do beneficiário na secretaria para expedição imediata. Já a certidão de nascimento é emitida na própria maternidade. A Secretaria conta com 17 CRAS, distribuídos nas diversas regiões de Teresina.

Para ser beneficiado com o cartão de gratuidade, é necessário que o idoso tenha idade mínima de 65 anos, apresentarem cópia da identidade, CPF e comprovante de residência. Para Passe Livre para pessoa com deficiência é necessário a cópia do laudo médico que ateste a deficiência, além da cópia da identidade, CPF e comprovante de residência. Já para adquirir a certidão de nascimento, é necessário, certidão de casamento, declaração de nascido vivo, e caso os pais não sejam casados, a identidade de ambos.

A Semtcas já expediu no período que compreende de janeiro a novembro de 2013, o total de 1.333 Passe Livre para pessoas com deficiência; já para idosos foram contabilizados 8.076 Passe Livre Idoso e segunda via, 459. Através de convênio entre a Secretaria e cartórios civis, foram emitidas 2.372 certidões de nascimento, beneficiando mais de 11 mil pessoas com gratuidades.

Segundo a aposentada Maria do Socorro Silva, de 69 anos, que mora no bairro São Pedro, o cartão Passe Livre é indispensável. “Sempre preciso ir ao centro resolver alguns problemas, até mesmo consultas médicas. Pela minha idade tenho ido sempre fazer exames de rotinas, e o Passe Livre é super importante, pois como nos ônibus não aceitam só a identidade e quando estava sem o cartão eletrônico tinha que pagar a passagem, com medo de passar por algum constrangimento, tirava esse dinheirinho da alimentação dos meus netos, mas agora com o passe livre em mãos as coisas mudam, tenho acesso gratuito garantido”, afirma Maria do Socorro, que ganha um salário mínimo e cria dois netos sozinha.

“Atualmente, com o cartão eletrônico Passe Livre, as pessoas idosas e com deficiências já podem ocupar os assentos da parte traseira do transporte coletivo, garantindo mais conforto aos beneficiários”, afirmou a gerente de Proteção Social Básica, Janaína Carvalho.

Fonte: 180 graus

11 respostas para “O que aprendi ao falar no TEDx Talks”

  1. Bom dia. Sou pessoa que gagueja e a vida toda sofri com essa dificuldade. Não consigo me expressar a maneira que gostaria. A gagueira me causa sofrimento, tenho 36 anos e sempre gaguejei. No trabalho isso me causa desconforto, porque as pessoas não entendem o que é a gagueira, alguns riem, outros fazem piadas, outros tem pena de mim. Em entrevistas de emprego sou excluída.
    Não sou uma pessoa considerada ” normal”, mas também não sou considerada deficiente. Esse projeto de lei me trouxe esperança. Muito obrigada pela postagem.

  2. Vcs que tem alguma diferença física dos outros, nuncam se sintam inferiores, somos todos iguais. Deus, Ele nos fez perfeitos com muito amor e todos somos capazes, nunca deixe se elevar pelo sentimento ruim de alguém que não sabe se expressar, qualquer ser humano pode superar suas dificuldades, se orgulhe de vcs, são capazes de fazer sempre o melhor, e use a seu favor: a paciência, benovolência e a calma e toda a sabedoria que vcs tem. Um grande abraço meus irmãos.

  3. em algumas companhias de avião (Latam, Gol…) só é permitido o voo gratuito do def.fisico em caso de tratamento médico comprovado, para isso deve preencher cadastro valido por um ano, no caso do acompanhante terá 50% de desconto na viagem. melhores informações no Youtube “Pessoas com deficiência terão passe livre em aviões” ou similares. boa sorte

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *