No Recife, prazo para solicitar VEM Livre Acesso encerra no fim de janeiro

Compartilhe:

Passageiros com deficiência da Região Metropolitana do Recife têm até o dia 31 de janeiro para se cadastrarem no cartão VEM Livre Acesso, que dá o direito de andar gratuitamente nos ônibus da RMR. Até esta terça-feira (7), 77 mil pessoas já garantiram a nova carteira. Através dela, os beneficiários poderão passar pela roleta e não precisam mais ficar restritos aos bancos da frente dos coletivos.

A novidade é uma vantagem para o usuário Marcelo Cavalcanti, que se locomove com dificuldades. “A gente também vai poder usar os espaços para sentar na parte maior do ônibus, que é a parte de trás, assim como o nosso acompanhante. Ele vai se acomodar com mais facilidade e conforto, ao invés de ter que ficar em pé na parte dianteira", justifica.

Para fazer o cartão, é preciso agendar horário pelo site do VEM Livre Acesso ou por meio do telefone (81) 3125-7585. Após o agendamento, é necessário levar, além da carteira antiga, a identidade e o CPF ao Posto de Atendimento do VEM, na Rua da Soledade, bairro da Boa Vista, no Centro do Recife. O novo cartão sai na hora.

O diretor do Grande Recife Consórcio, Nelson Menezes, explica que a troca foi necessária para evitar fraudes. Segundo dados do consórcio, até 2013, mil carteiras falsificadas eram retiradas de circulação por semestre. “As próprias pessoas com deficiência solicitaram a troca do cartão de deficiência pelo cartão de livre acesso […] Ele é seguro, é a prova de fraudes. Quer dizer que se você fraudar, não vai conseguir ter acesso às informações”, afirma o diretor.

Serviço
Solicitação do VEM Livre Acesso
Até 31 de janeiro
Posto de Atendimento do VEM
Rua da Soledade, nº 259, bairro da Boa Vista
(81) 3125-7585

Fonte: G1 Pernambuco

11 respostas para “O que aprendi ao falar no TEDx Talks”

  1. Bom dia. Sou pessoa que gagueja e a vida toda sofri com essa dificuldade. Não consigo me expressar a maneira que gostaria. A gagueira me causa sofrimento, tenho 36 anos e sempre gaguejei. No trabalho isso me causa desconforto, porque as pessoas não entendem o que é a gagueira, alguns riem, outros fazem piadas, outros tem pena de mim. Em entrevistas de emprego sou excluída.
    Não sou uma pessoa considerada ” normal”, mas também não sou considerada deficiente. Esse projeto de lei me trouxe esperança. Muito obrigada pela postagem.

  2. Vcs que tem alguma diferença física dos outros, nuncam se sintam inferiores, somos todos iguais. Deus, Ele nos fez perfeitos com muito amor e todos somos capazes, nunca deixe se elevar pelo sentimento ruim de alguém que não sabe se expressar, qualquer ser humano pode superar suas dificuldades, se orgulhe de vcs, são capazes de fazer sempre o melhor, e use a seu favor: a paciência, benovolência e a calma e toda a sabedoria que vcs tem. Um grande abraço meus irmãos.

  3. em algumas companhias de avião (Latam, Gol…) só é permitido o voo gratuito do def.fisico em caso de tratamento médico comprovado, para isso deve preencher cadastro valido por um ano, no caso do acompanhante terá 50% de desconto na viagem. melhores informações no Youtube “Pessoas com deficiência terão passe livre em aviões” ou similares. boa sorte

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *