Pilotos com deficiência participam do Desafio das Estrelas, o maior torneio de kart do mundo

Compartilhe:

Nesse fim de semana, 11 e 12 de janeiro, o mundo do kart vive a prova que reúne as estrelas do automobilismo brasileiro e internacional, com a presença de artistas e – pela primeira vez – com uma categoria para pessoas com deficiência que correm com kart adaptado.

O Desafio Internacional das Estrelas, em sua nona edição, vai reunir os pilotos Felipe Massa, Rubens Barrichello, Bruno Senna, Nelsinho Piquet, Felipe Giafonne, Cacá Bueno, Thiago Camilo, Pietro Fittipaldi, Popó Bueno e Bia Figueiredo. Pela primeira vez, o grupo de pilotos com deficiência que faz parte das competições de kart adaptado participa do evento como categoria. Os pilotos participarão de duas baterias, uma no sábado (11) e outra no domingo (12).

Para chamar a atenção da inclusão do deficiente pelo esporte, pilotos e artistas vão participar de uma apresentação com kart adaptado, no sábado (11) por volta das 15h. Além de Felipe Massa e Barrichello, os atores Marcos Breda, Fábio Villa Verde, Marcos Pasquim e o ex-BBB Fernando Fernandes devem pilotar o kart com controles manuais.

Paulo Polido, primeiro piloto deficiente e idealizador do kart adaptado, explica que o deficiente precisa viver com igualdade e esse torneio é uma oportunidade ímpar. “Participar de um evento internacional é mais uma motivação para os deficientes e dá visibilidade da integração proporcionada pelo esporte, seja qual for a modalidade”.

O Desafio das Estrelas será no Kartódromo do Beto Carrero World, Penha – Santa Catarina. As baterias com os Karts Adaptados acontecerão no sábado (11), às 20h e no domingo (12), às 9h. Os treinos livres serão na sexta (10) a partir das 20h e no sábado (11) a partir das 14h.

11 respostas para “O que aprendi ao falar no TEDx Talks”

  1. Bom dia. Sou pessoa que gagueja e a vida toda sofri com essa dificuldade. Não consigo me expressar a maneira que gostaria. A gagueira me causa sofrimento, tenho 36 anos e sempre gaguejei. No trabalho isso me causa desconforto, porque as pessoas não entendem o que é a gagueira, alguns riem, outros fazem piadas, outros tem pena de mim. Em entrevistas de emprego sou excluída.
    Não sou uma pessoa considerada ” normal”, mas também não sou considerada deficiente. Esse projeto de lei me trouxe esperança. Muito obrigada pela postagem.

  2. Vcs que tem alguma diferença física dos outros, nuncam se sintam inferiores, somos todos iguais. Deus, Ele nos fez perfeitos com muito amor e todos somos capazes, nunca deixe se elevar pelo sentimento ruim de alguém que não sabe se expressar, qualquer ser humano pode superar suas dificuldades, se orgulhe de vcs, são capazes de fazer sempre o melhor, e use a seu favor: a paciência, benovolência e a calma e toda a sabedoria que vcs tem. Um grande abraço meus irmãos.

  3. em algumas companhias de avião (Latam, Gol…) só é permitido o voo gratuito do def.fisico em caso de tratamento médico comprovado, para isso deve preencher cadastro valido por um ano, no caso do acompanhante terá 50% de desconto na viagem. melhores informações no Youtube “Pessoas com deficiência terão passe livre em aviões” ou similares. boa sorte

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *