Pessoa mais velha com Síndrome de Down no país morre no ES

Compartilhe:

A capixaba Olga Gums, 77 anos, a pessoa mais velha com Síndrome de Down no Brasil, morreu na manhã desta terça-feira (25). Ela estava internada na UTI da Clínica dos Acidentados, em Vitória, desde o último domingo (23), após sofrer uma fratura no fêmur, como informou o enfermeiro de plantão Thiago Zacarias.

Leia mais:
Mulher nascida no ES é reconhecida como a mais idosa com síndrome de Down

Moradora do distrito de Aparecidinha, em Santa Teresa, na região Serrana do estado, a idosa vivia com a sobrinha Sofia Gumns, de 60 anos, que cuidava dela há mais de 25 anos.

Criada na cultura pomerana, Olga nasceu no dia 27 de maio de 1936 e era a mais nova entre os 11 irmãos. A idosa, que não falava português, gostava de ver fotografias e passar as tardes na cadeira de balanço de sua casa, onde vivia com a sobrinha.

A capixaba foi eleita a pessoa mais velha com Síndrome de Down no Brasil pelo Rank Brasil, empresa que cataloga recordes brasileiros.

Fonte:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *