Mogi das Cruzes ganha a primeira ‘residência inclusiva’ do Alto Tietê

Compartilhe:

Mogi das Cruzes ganhou a primeira Casa Inclusiva do Alto Tietê e a sexta do Estado de São Paulo. A proposta é acolher pessoas que tenham entre 18 e 59 anos com algum tipo de deficiência e sem vínculo familiar. A triagem é feita pela Secretaria Municipal de Assistência Social.

A residência fica no bairro Mogilar, em Mogi das Cruzes. Além de ganhar uma nova familia, os moradores da casa também estudam e  praticam diversas atividades. Para os beneficiados, o projeto é mais uma conquista na luta pelos direitos das pessoas com deficiência.

"Acolhemos pessoas com deficiência e não com doença, porque existe uma grande confusão. Pessoas com alto grau de vulnerabilidade e sem retaguarda familiar são aceitas", explica Valeriana Alves, coordenadora da pessoa com deficência.

Informações sobre a Casa Inclusiva podem ser obtidas na Secretaria de Assistência Social. O endereço é Avenida Vereador Narciso Yague Guimarães, 776, Centro Cívico, em Mogi das Cruzes.

Fonte: G1