Santos já conta com o Centro de Reabilitação Lucy Montoro

Compartilhe:

O governador Geraldo Alckmin inaugurou nesta quinta-feira, 29 de maio, o Centro de Reabilitação Lucy Montoro de Santos. O Governo do Estado investiu mais de R$ 7,8 milhões em obras e aquisição de equipamentos e mobiliário do novo centro, uma unidade de atendimento ambulatorial que oferece reabilitação às pessoas com deficiência ou doenças potencialmente incapacitantes.

“Aqui nós teremos o atendimento à população e também os serviços de órtese, prótese e cadeira de rodas customizadas, equipamentos sob encomenda para atender a necessidade de cada paciente, feitos com a qualidade e excelência da Rede Lucy Montoro”, explicou o governador. Na ocasião, houve entrega de algumas cadeiras de rodas. Os beneficiados são pacientes que já foram atendidos e agendados pela Rede Lucy Montoro, que atua desde o segundo semestre de 2010 no AME de Santos.

Para a Dra. Linamara Rizzo Battistella, Secretária de Estado dos Direitos da Pessoa com Deficiência de São Paulo, que faz a gestão das unidades da Rede Lucy, com a Secretaria de Estado da Saúde, uma expressão resume a importância da inauguração da unidade Santos: transformação social. “Nós vamos ensinando a sociedade a valorizar os direitos, a garantir possibilidades e vamos fazendo da nossa ação, da nossa atitude no seio da sociedade, a verdadeira transformação. É uma grande alegria que cada um possa desfrutar, reproduzindo no seu cotidiano e dentro da sociedade aquilo que é de direito, participação plena e igualdade de direitos e mudança pela  transformação social”.

A Secretária também agradeceu a parceria e apoio de instituições como as Apaes de Cubatão e de São Paulo, além da Cruzada Bandeirante São Camilo.  Além dela e do governador, participaram da cerimônia de inauguração o prefeito da cidade de Santos, Paulo Alexandre Barbosa, e o Secretário de Estado Adjunto dos Direitos da Pessoa com Deficiência, Cid Torquato, entre outros convidados e autoridades.

ESTRUTURA
Para este ano, o Centro contará com R$ 3,5 milhões de custeio do tesouro estadual, destinados à realização, até dezembro, de 24,5 mil atendimentos não médicos (consultas terapêuticas, por exemplo), 3.160 atendimentos médicos e fornecimento de 682 órteses, próteses e meios auxiliares. O trabalho é desenvolvido por equipes multidisciplinares, compostas por médicos fisiatras, enfermeiros, fisioterapeutas, nutricionistas, psicólogos, terapeutas ocupacionais, assistentes sociais, educadores físicos e fonoaudiólogos.

Quando totalmente implantada, a unidade terá capacidade para realizar 3,5 mil atendimentos por mês. Referência em atendimento, ensino e pesquisa, atenderá pacientes de Santos, Cubatão, Guarujá, Bertioga, São Vicente, Praia Grande, Mongaguá, Itanhaém e Peruíbe, os nove municípios da Baixada Santista.

O Centro deverá participar dos programas de residência médica, aprimoramento, estágios e atividades relacionadas ao desenvolvimento de pesquisas científicas. Além disso, viabilizará cursos para cuidadores abertos à comunidade e realizará palestras para orientação de pacientes, cuidadores e familiares.

REDE LUCY
A Rede de Reabilitação Lucy Montoro foi criada pelo Governo do Estado de São Paulo, por meio das Secretarias de Estado dos Direitos da Pessoa com Deficiência e da Saúde, em parceria com renomadas instituições de assistência, ensino e pesquisa.

O objetivo principal é propiciar melhoria na qualidade de vida, participação na sociedade e capacitar plenamente a pessoa com deficiência para o exercício de seus direitos. A Rede de Reabilitação Lucy Montoro é composta por unidades fixas e uma Unidade Móvel, construídas em regiões estratégicas do Estado de São Paulo.

Fonte: Secretaria de Estado dos Direitos da Pessoa com Deficiência de São Paulo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *