Campinas terá espetáculo com 200 artistas e 2 orquestras no aniversário

Compartilhe:

Em comemoração ao aniversário de 240 anos de Campinas (SP), o espetáculo 'Perch: uma celebração de voos e quedas' ocupará as praças do Largo do Rosário e Guilherme de Almeida, em frente ao Palácio da Justiça,  com 200 atores e as orquestras sinfônicas da Unicamp e Municipal de Campinas. As apresentações começam às 17h15 nos dias 19 e 20 de julho.

O coletivo de pesquisa teatral Lume Teatro já havia apresentado um piloto do espetáculo, com cerca de cem artistas, em outubro do ano passado. Segundo a produtora do grupo, Cynthia Margareth, o espetáculo de 2013 foi como uma etapa da produção da grande apresentação. "Foi o projeto piloto, com algumas cenas e sem todos os recursos técnicos de agora", explica ela.

União das artes
Além de misturar diversas plataformas artísticas, como a música, o canto, o teatro, a dança e o circo, o espetáculo também conta com um show multimídia de projeções nos prédios do entorno do Largo do Rosário. A apresentação ocorrerá simultaneamente a do coletivo artístico Conflux, que ocorrerá no Centro de Glasgow, na Escócia.

A produtora explica que trechos do espetáculo escocês serão projetados em tempo real sobre as edificações. Além desse coletivo internacional, o grupo Legs on the Wall, de Sidney, na Austrália, participou também do processo de criação.

O termo "perch" vem do inglês "empoleirar-se" e a concepção da intervenção artística consiste em reposicionar as pessoas em outros ângulos. Cynthia explica que a narrativa fragmentada do espetáculo segue a temática ligada aos medos e às superações, a voos e quedas.

Os artistas são divididos em alas que contracenam entre si e interagem com a população. "São alas que simbolizam diversos universos associados a nichos da sociedade. É todo um universo fantástico, são criaturas e seres extravagantes", afirma Cynthia.

Sinfônicas da cidade
Os músicos da Orquestra Sinfônica Municipal de Campinas e da Sinfônica da Unicamp interpretarão a trilha sonora composta exclusivamente para o espetáculo pelo músico irlandês Stephen Deazley. Os músicos tocarão sob a regência do maestro Victor Hugo Toro. A trilha é um dos pontos comuns que devem unir as apresentações além-mar, sendo executada também no espetáculo de Glasgow pela National Youth Orchestras of Scotland’s Senior Orchestra.

Observatório cênico no Sesc
O Lume realizará ensaios abertos do espetáculo a partir da terça-feira (8) no Galpão do Sesc Campinas. O público poderá acompanhar o processo criativo do grupo até o dia 17 de junho e a entrada é gratuita. As visitas ocorrem às 10h e às 15h de terça-feira a sábado. Para ampliar a acessibilidade do público com deficiência auditiva e visual, também haverão visitas com audiodescrição e tradução em libras. Os horários disponibilizados devem ser consultados no Sesc pelos interessados, de acordo com a companhia.

Fonte: G1

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *