Semana da Acessibilidade começa no dia 18 de setembro em Sergipe

Compartilhe:

Nos dias 18 e 19 de setembro vai acontecer em Aracaju a Semana da Acessibilidade, promovida pelo Conselho Municipal de Defesa dos Direitos da Pessoa com Deficiência (CMDPcD), com o apoio da Secretaria Municipal da Família e da Assistência Social (Semfas), Ministério Público Federal do Trabalho e Ministério Público Estadual /SE e Superintendência Regional do Trabalho/SE.

A abertura do evento será dia 18 pela manhã, com a "Caminhada da Superação", cuja concentração será às 7h30 na Praça da Bandeira, no centro de Aracaju. A caminhada seguirá em direção à Praça Fausto Cardoso. Segundo o presidente do CMDPcD, Everton Vieira, essa caminhada tem objetivo de chamar atenção da sociedade para importância de aderir à luta por mais acessibilidade. "Já temos muitas instituições confirmadas. Na edição passada, tivemos por volta de 1500 participantes e este ano esperamos superar.Todos as pessoas estão convidadas a participar", disse.

Ainda no dia 18, a partir das 9 horas, também na praça Fausto Cardoso, acontecerão as ações do "Dia E" o do "Dia da PcD Eficiente", que tem como objetivo buscar a qualificação e inclusão das pessoas com deficiência no mercado do trabalho. Entre os serviços que serão oferecidos estão: a emissão carteira de trabalho gratuita, o atendimento voltado ao Cadastro Único com informações sobre o Benefício de Prestação Continuada (BPC), que contará com o apoio técnico da Semfas.

Empresas privadas também disponibilizarão balcões de atendimento para preenchimento de vagas de empregos e a Fundação para o Trabalho (Fundat) participará ofertando oficina de confecção de currículos e ficha de inscrição para vagas no mercado de trabalho nas empresas por eles cadastradas. Além disso, estandes das instituições que têm como publico alvo as pessoas com deficiência vão expor suas atividades.

Simultaneamente, nas ruas do centro, próximas à concentração, acontecerá a campanha "Essa vaga não é sua nem por um minuto", que visa conscientizar o maior número de pessoas quanto às especificidades de uma vaga especial e a necessidade de respeitá-la. Um grupo de teatro da SMTT apresentará de forma lúdica e interativa as situações vivenciadas por quem precisa dessas vagas.

O encerramento acontecerá no dia 19, às 19 horas, com a solenidade de entrega do Prêmio Pipiri, no auditório da Escola Municipal Presidente Getúlio Vargas, no bairro Siqueira Campos. Serão entregues 21 troféus. Os agraciados pela premiação foram escolhidos por sua atuação e competência na sociedade, seja enfrentando uma deficiência ou não, mas que lutam pela defesa dos direitos da pessoa com deficiência. Também serão contempladas empresas que incentivam de forma eficaz o trabalho das PcD. Na oportunidade, o escritor Fausto Joaquim Silva lançará o livro "A Era da Pós Deficiência".

Fonte: Aqui Acontece