‘6ª Semana da Acessibilidade’ leva programação gratuita ao CCBB, em SP

Compartilhe:

A 6ª Semana da Acessibilidade convida o público para repensar sobre o tema e conhecer as diversas formas de viver, aprender e compartilhar os bens culturais, demonstrando que é possível criar ações para todas as pessoas. A programação conta com palestras, mesas redondas, contação de histórias em Libras e apresentações da bailarina Aline Fávaro, que tem síndrome de Down, e do violinista Cacá Lopes, que tem paralisia no braço esquerdo.

O evento acontece entre os dias 3 e 8 de novembro, no Centro Cultural Banco do Brasil, em São Paulo, com entrada grátis.

Para conferir a programação completa, clique aqui.

Fonte: Catraca Livre

6 respostas para “O que aprendi ao falar no TEDx Talks”

  1. Bom dia. Sou pessoa que gagueja e a vida toda sofri com essa dificuldade. Não consigo me expressar a maneira que gostaria. A gagueira me causa sofrimento, tenho 36 anos e sempre gaguejei. No trabalho isso me causa desconforto, porque as pessoas não entendem o que é a gagueira, alguns riem, outros fazem piadas, outros tem pena de mim. Em entrevistas de emprego sou excluída.
    Não sou uma pessoa considerada ” normal”, mas também não sou considerada deficiente. Esse projeto de lei me trouxe esperança. Muito obrigada pela postagem.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *