Pessoas com deficiência receberão fraldas de graça, em Porto Velho, RO

Compartilhe:

A Secretaria Municipal de Saúde (Semusa) de Porto Velho vai distribuir gratuitamente, a partir de agora, fraldas a pessoas com deficiência ou com alguma limitação que interfira no controle total e parcial das funções fisiológicas. Anteriormente, a distribuição era realizada somente mediante pedido judicial. Cerca de 200 pessoas serão beneficiadas.

Segundo o secretário de Saúde, Domingos Sávio, a decisão de distribuir as fraldas de graça foi tomada com o objetivo de reduzir os custos das famílias que necessitam do material. "A responsabilidade por este atendimento não é definida pelo Ministério da Saúde, até então pairava a dúvida se deveria ser atribuída ao município ou ao estado, mas depois de uma série de discussões, nós resolvemos adotar esta prática", explicou.

O fornecimento das fraldas será feito conforme os pedidos e apresentação de laudos médicos à Divisão de Serviço Social da Semusa. A cada solicitação, se comprovada a necessidade, será entregue uma quantidade suficiente para atender o período de 3 meses.

Toda a distribuição das fraldas será custeada com recursos do Sistema Único de Saúde (SUS). Mais informações podem ser obtidas pelo telefone (69) 3901-2953.

Fonte: G1

6 respostas para “O que aprendi ao falar no TEDx Talks”

  1. Bom dia. Sou pessoa que gagueja e a vida toda sofri com essa dificuldade. Não consigo me expressar a maneira que gostaria. A gagueira me causa sofrimento, tenho 36 anos e sempre gaguejei. No trabalho isso me causa desconforto, porque as pessoas não entendem o que é a gagueira, alguns riem, outros fazem piadas, outros tem pena de mim. Em entrevistas de emprego sou excluída.
    Não sou uma pessoa considerada ” normal”, mas também não sou considerada deficiente. Esse projeto de lei me trouxe esperança. Muito obrigada pela postagem.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *