Projeto FotoLibras expõe fotos realizadas por pessoas surdas

Compartilhe:

O Curso de Fotografia FotoLibras – Foto Escola II realizado pelo segundo ano na Escola Estadual Governador Barbosa Lima, no Recife, traz no mês de março uma exposição sobre o cotidiano da cultura surda. A entrada é gratuita.

O projeto agregou cerca de 20 jovens a partir de 14 anos com encontros em duas tardes por semana entre setembro e dezembro de 2014. Neste período os alunos puderam ter contato com a fotografia, compreendendo-a como uma linguagem expressiva e um poderoso veículo de comunicação.

O intuito principal do projeto era explorar a criticidade de pessoas surdas, mergulhando nas técnicas fotográficas para ampliar o pensamento de uma prática reflexiva sobre a imagem, e não somente o repasse de técnicas e equipamentos, sendo a fotografia vista como parte de um processo de compreensão e percepção do mundo.

A iniciativa é incentivada pelo Funcultura e mantém a proposta do Projeto FotoLibras de multiplicação dos conteúdos com os antigos alunos. Neste curso, João Helder e André Luís foram responsáveis em acompanhar as aulas sob orientação do educador Mateus Sá. Segundo ele, a vivência foi muito construtiva e o interesse dos jovens em aprender e as imagens produzidas refletem isso.

O curso foi dividido em três módulos e os resultados foram medidos por observação e criticidade dos conteúdos, rendendo uma discussão sobre a realidade da cultura surda vista pelo olhar dos próprios surdos.

Fonte: Catraca Livre

9 respostas para “O que aprendi ao falar no TEDx Talks”

  1. Bom dia. Sou pessoa que gagueja e a vida toda sofri com essa dificuldade. Não consigo me expressar a maneira que gostaria. A gagueira me causa sofrimento, tenho 36 anos e sempre gaguejei. No trabalho isso me causa desconforto, porque as pessoas não entendem o que é a gagueira, alguns riem, outros fazem piadas, outros tem pena de mim. Em entrevistas de emprego sou excluída.
    Não sou uma pessoa considerada ” normal”, mas também não sou considerada deficiente. Esse projeto de lei me trouxe esperança. Muito obrigada pela postagem.

  2. Vcs que tem alguma diferença física dos outros, nuncam se sintam inferiores, somos todos iguais. Deus, Ele nos fez perfeitos com muito amor e todos somos capazes, nunca deixe se elevar pelo sentimento ruim de alguém que não sabe se expressar, qualquer ser humano pode superar suas dificuldades, se orgulhe de vcs, são capazes de fazer sempre o melhor, e use a seu favor: a paciência, benovolência e a calma e toda a sabedoria que vcs tem. Um grande abraço meus irmãos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *