Projeto prepara cães-guia e procura voluntários para criar filhotes no DF

Compartilhe:

Um filhote é sempre cativante, mas para cuidar de um animal como esse, é necessário muito mais do que vontade.

“Não é um cachorro para ser mimado, mas também é um cachorro para ser tratado com doçura. A família tem que estar ciente de que este cachorro vai voltar para o projeto, não é deles”, explica Lúcia Campos, coordenadora do Projeto Cão-Guia.

Além disso, o candidato a cuidar de um futuro cão-guia deve morar em uma casa e levar o animal para todo lado. A chamada "família hospedeira" vai educar o animal por um período de 8 a 10 meses e só depois ele estará pronto para o treinamento no Corpo de Bombeiros. Se o cão for aprovado, será uma companhia preciosa para um cego.

Naná, uma labradora de oito anos, já é profissional e fica quietinha debaixo da mesa de trabalho do funcionário público Silvo Alcântara. Naná orienta o dono a descer a escada e a desviar de qualquer obstáculo.

“A palavra que sintetiza ter um cão-guia ao lado é liberdade, liberdade porque a gente passa ter muito mais autonomia, segurança, em todos os percursos”, conta.

Naná é o segundo cão-guia de Silvo. O outro, Zircon já faleceu e Silvo nunca se esquece de quem cuidou dos fiéis companheiros nos primeiros meses de vida.

Serviço
Para conhecer mais o projeto Cão-Guia de Cegos e saber se você preenche os requisitos para fazer parte das famílias hospedeiras, clique aqui e acesse o site.

Fonte: G1

9 respostas para “O que aprendi ao falar no TEDx Talks”

  1. Bom dia. Sou pessoa que gagueja e a vida toda sofri com essa dificuldade. Não consigo me expressar a maneira que gostaria. A gagueira me causa sofrimento, tenho 36 anos e sempre gaguejei. No trabalho isso me causa desconforto, porque as pessoas não entendem o que é a gagueira, alguns riem, outros fazem piadas, outros tem pena de mim. Em entrevistas de emprego sou excluída.
    Não sou uma pessoa considerada ” normal”, mas também não sou considerada deficiente. Esse projeto de lei me trouxe esperança. Muito obrigada pela postagem.

  2. Vcs que tem alguma diferença física dos outros, nuncam se sintam inferiores, somos todos iguais. Deus, Ele nos fez perfeitos com muito amor e todos somos capazes, nunca deixe se elevar pelo sentimento ruim de alguém que não sabe se expressar, qualquer ser humano pode superar suas dificuldades, se orgulhe de vcs, são capazes de fazer sempre o melhor, e use a seu favor: a paciência, benovolência e a calma e toda a sabedoria que vcs tem. Um grande abraço meus irmãos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *