Samsung lança concurso de aplicativos com foco em pessoas com deficiência

Compartilhe:

A Samsung, em parceria com a União Internacional de Telecomunicações (UIT), lança a primeira edição da Competição de Aplicativos de Acessibilidade. A iniciativa tem como foco principal o desenvolvimento de soluções inovadoras e criativas, na plataforma Android, para beneficiar pessoas com deficiência.

A ideia é criar soluções para trazer mais inserção e interação social, conforto e qualidade de vida à rotina diária dessas pessoas, por meio de tecnologias móveis. O concurso tem o apoio do Samsung Instituto de Desenvolvimento para a Informática (SIDI), que também fará parte da comissão julgadora.

Para participar do concurso, o candidato deve submeter uma ideia de solução móvel voltada para a acessibilidade ou informações sobre uma solução que já tenha sido desenvolvida. Serão aceitas inscrições individuais e em equipe por meio da página oficial inscritas até 5 de junho de 2015.

Os participantes inscritos terão até 13 de julho de 2015 para apresentar a sua proposta usando o modelo de documento disponível na página web do Concurso, junto com materiais adicionais. As soluções serão analisadas pela comissão julgadora, que será constituída por representantes da UIT e da Samsung e também de especialistas nas várias áreas relativas a produtos e serviços móveis, representantes de organizações de apoio a pessoas com deficiência e também por convidados especiais.

A UIT premiará o vencedor ou dois membros da equipe vencedora com uma bolsa para participar do evento regional UIT Regional de Eventos Accessible Americas II: Information and Communication to ALL, que será organizada na Colômbia, a partir em novembro de 2015. Para outras informações, visite o site oficial.

Fonte: Mundo Bit

9 respostas para “O que aprendi ao falar no TEDx Talks”

  1. Bom dia. Sou pessoa que gagueja e a vida toda sofri com essa dificuldade. Não consigo me expressar a maneira que gostaria. A gagueira me causa sofrimento, tenho 36 anos e sempre gaguejei. No trabalho isso me causa desconforto, porque as pessoas não entendem o que é a gagueira, alguns riem, outros fazem piadas, outros tem pena de mim. Em entrevistas de emprego sou excluída.
    Não sou uma pessoa considerada ” normal”, mas também não sou considerada deficiente. Esse projeto de lei me trouxe esperança. Muito obrigada pela postagem.

  2. Vcs que tem alguma diferença física dos outros, nuncam se sintam inferiores, somos todos iguais. Deus, Ele nos fez perfeitos com muito amor e todos somos capazes, nunca deixe se elevar pelo sentimento ruim de alguém que não sabe se expressar, qualquer ser humano pode superar suas dificuldades, se orgulhe de vcs, são capazes de fazer sempre o melhor, e use a seu favor: a paciência, benovolência e a calma e toda a sabedoria que vcs tem. Um grande abraço meus irmãos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *