Cachorro ajuda menina com deficiência rara a voltar a andar

Compartilhe:

O cachorro realmente é o melhor amigo do ser humano. E histórias como a da pequena Bella Burton comprovam isso. Com apenas 10 anos, ela enfrenta uma rara deficiência genética e só voltou a andar com a ajuda do seu cão George, da raça Great Dane.

A doença de Bella, Síndrome de Morquio, afeta o crescimento ósseo e limita sua mobilidade. George usa toda a sua altura e patas compridas ajuda a garota se locomover.
“Eu tive cadeiras de rodas, andadores, muletas e agora temos George e eu deixei de lado minhas muletas e comecei a contar com ele”, disse Bella.

O cachorro foi treinado por uma organização chamada Service Dog Project, que treina animais para desenvolverem a habilidade de ajudar pessoas com limitações de equilíbrio e mobilidade.
 

Fonte: Vírgula, UOL

9 respostas para “O que aprendi ao falar no TEDx Talks”

  1. Bom dia. Sou pessoa que gagueja e a vida toda sofri com essa dificuldade. Não consigo me expressar a maneira que gostaria. A gagueira me causa sofrimento, tenho 36 anos e sempre gaguejei. No trabalho isso me causa desconforto, porque as pessoas não entendem o que é a gagueira, alguns riem, outros fazem piadas, outros tem pena de mim. Em entrevistas de emprego sou excluída.
    Não sou uma pessoa considerada ” normal”, mas também não sou considerada deficiente. Esse projeto de lei me trouxe esperança. Muito obrigada pela postagem.

  2. Vcs que tem alguma diferença física dos outros, nuncam se sintam inferiores, somos todos iguais. Deus, Ele nos fez perfeitos com muito amor e todos somos capazes, nunca deixe se elevar pelo sentimento ruim de alguém que não sabe se expressar, qualquer ser humano pode superar suas dificuldades, se orgulhe de vcs, são capazes de fazer sempre o melhor, e use a seu favor: a paciência, benovolência e a calma e toda a sabedoria que vcs tem. Um grande abraço meus irmãos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *