Concurso distribui equipamentos para tornar bibliotecas acessíveis

Compartilhe:

A Secretaria de Estado dos Direitos da Pessoa com Deficiência de São Paulo promove concurso para selecionar projetos de bibliotecas públicas interessadas em receber equipamentos de tecnologia assistiva capazes de assegurar o acesso à leitura para pessoas com deficiência visual e motora.

Os interessados devem preencher os formulários presentes neste link e elaborar projeto destacando como pretendem ampliar a frequência de usuários com deficiência em sua unidade.

Os projetos serão selecionados por uma Comissão Julgadora e os vencedores receberão os equipamentos, além do treinamento necessário à sua utilização.

As bibliotecas podem candidatar-se a receber os dois tipos de kits de equipamentos distribuídos pela Secretaria: Kit Tipo 1 (computador, ampliador automático, scanner leitor de mesa, teclado ampliado, mouse estacionário, software de voz sintetizada para atuação com o software leitor de tela NVDA e computador); e Kit Tipo 2 (que inclui os itens do Kit Tipo 1 e acrescenta um display braile e impressora braile).

Todas as informações, propostas e os anexos podem ser acessados em http://bibliotecas.sedpcd.sp.gov.br e, após digitalizados e devidamente assinados, devem ser enviados para o e-mail biblioteca@sedpcd.sp.gov.br ou encaminhados via postal para o seguinte endereço:

Secretaria de Estado dos Direitos da Pessoa com Deficiência de São Paulo
“Concurso Bibliotecas Acessíveis” 
Av. Auro Soares de Moura Andrade, 564 – Portão 10
CEP 01156-001 – Barra Funda – São Paulo (SP)

Mais informações podem ser obtidas pelos telefones (11) 5212.3705 / 3755 / 3741.

Fonte: Secretaria dos Direitos da Pessoa com Deficiência

9 respostas para “O que aprendi ao falar no TEDx Talks”

  1. Bom dia. Sou pessoa que gagueja e a vida toda sofri com essa dificuldade. Não consigo me expressar a maneira que gostaria. A gagueira me causa sofrimento, tenho 36 anos e sempre gaguejei. No trabalho isso me causa desconforto, porque as pessoas não entendem o que é a gagueira, alguns riem, outros fazem piadas, outros tem pena de mim. Em entrevistas de emprego sou excluída.
    Não sou uma pessoa considerada ” normal”, mas também não sou considerada deficiente. Esse projeto de lei me trouxe esperança. Muito obrigada pela postagem.

  2. Vcs que tem alguma diferença física dos outros, nuncam se sintam inferiores, somos todos iguais. Deus, Ele nos fez perfeitos com muito amor e todos somos capazes, nunca deixe se elevar pelo sentimento ruim de alguém que não sabe se expressar, qualquer ser humano pode superar suas dificuldades, se orgulhe de vcs, são capazes de fazer sempre o melhor, e use a seu favor: a paciência, benovolência e a calma e toda a sabedoria que vcs tem. Um grande abraço meus irmãos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *