Fatec Carapicuíba cria jogo para pessoas com deficiência visual

Objetivo é ajudar na inclusão no mundo dos games digitais

Mãos em close seguram um aparelho celular que exibe a tela do jogo.
Compartilhe:

Estudantes da Faculdade de Tecnologia do Estado (Fatec) Carapicuíba criaram um jogo para smartphone com recursos específicos para serem utilizados por deficientes visuais e pessoas com baixa visão. O objetivo é colaborar na inclusão no mundo dos games digitais.

O jogo “Novos Olhos” tem como diferencial o detalhamento do áudio, feito em 3D, que reproduz a sensação de sons escutados num ambiente virtual, dando a ideia de terceira dimensão, para melhor ambientação do jogador no cenário.

O game apresenta imagens sem brilho projetadas para uma melhor assimilação do deficiente com baixa visão. O jogador utiliza o toque na tela para mover o personagem e o acelerômetro para guiar sua direção, que pode ser orientada pelos sons emitidos durante as ações. O jogo está disponível para plataforma Android e pode ser baixado gratuitamente na internet.

Idealizado pelos alunos do curso superior de Jogos Digitais, Afonso Rogatti de Melo, Giovanna Fracasso da Silveira, Rafael Henrique Gonçalves Freire, Rodrigo Domingues da Silva e Solange Aparecida Domingues, o trabalho foi desenvolvido sob orientação do professor Tarcísio de Souza Peres.

Profissionais e um paciente da Fundação Dorina Nowill para Cegos, respeitada instituição que auxilia deficientes visuais no País, testaram e avaliaram as funcionalidades do aplicativo. Segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), existem no Brasil 6,5 milhões de pessoas com deficiência visual, das quais 506 mil são totalmente cegas.

Fonte: Portal do Governo do Estado

11 respostas para “O que aprendi ao falar no TEDx Talks”

  1. Bom dia. Sou pessoa que gagueja e a vida toda sofri com essa dificuldade. Não consigo me expressar a maneira que gostaria. A gagueira me causa sofrimento, tenho 36 anos e sempre gaguejei. No trabalho isso me causa desconforto, porque as pessoas não entendem o que é a gagueira, alguns riem, outros fazem piadas, outros tem pena de mim. Em entrevistas de emprego sou excluída.
    Não sou uma pessoa considerada ” normal”, mas também não sou considerada deficiente. Esse projeto de lei me trouxe esperança. Muito obrigada pela postagem.

  2. Vcs que tem alguma diferença física dos outros, nuncam se sintam inferiores, somos todos iguais. Deus, Ele nos fez perfeitos com muito amor e todos somos capazes, nunca deixe se elevar pelo sentimento ruim de alguém que não sabe se expressar, qualquer ser humano pode superar suas dificuldades, se orgulhe de vcs, são capazes de fazer sempre o melhor, e use a seu favor: a paciência, benovolência e a calma e toda a sabedoria que vcs tem. Um grande abraço meus irmãos.

  3. em algumas companhias de avião (Latam, Gol…) só é permitido o voo gratuito do def.fisico em caso de tratamento médico comprovado, para isso deve preencher cadastro valido por um ano, no caso do acompanhante terá 50% de desconto na viagem. melhores informações no Youtube “Pessoas com deficiência terão passe livre em aviões” ou similares. boa sorte

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *