Evento debate inclusão de pessoas com deficiência na construção

Evento acontece na segunda-feira, 16 de maio, no auditório da Escola Senai Francisco Matarazzo, no Brás, em São Paulo

Esqueleto de uma construção civil com um guindaste
Compartilhe:

 

O Sindicato da Indústria da Construção Pesada do Estado de São Paulo (SINICESP), promove evento sobre estudo dos desafios na inclusão profissional de pessoas com deficiência na construção pesada. O encontro ocorre em 16 de maio, no auditório Escola Senai Francisco Matarazzo, no Brás, em São Paulo

O trabalho foi desenvolvido em 13 empresas da construção pesada, que concordaram em subsidiar o estudo denominado “Diagnóstico: a indústria da construção pesada e a consolidação da presença de trabalhadores com deficiência”. As empresas participantes foram: Azevedo & Travassos, Camargo Corrêa, Constran, Constroeste, CSO, Encalso, Mendes Jr., OAS, Odebrecht, Sinalisa, Souza Compec, TIISA e Vale do Rio Novo.

A entidade responsável pelo levantamento, o Instituto Amankay, realizou o trabalho por solicitação do SINICESP, sob orientação da Superintendência Regional do Ministério do Trabalho e Emprego do Estado de São Paulo. O Diagnóstico faz parte das contrapartidas previstas em acordo tripartite celebrado entre o SINICESP, o Sindicato dos Trabalhadores – SINTRAPAV e a SRTE/SP.

Serviço:
Onde: Auditório da Escola Senai Francisco Matarazzo
Quando: segunda-feira, 16/5, das 8h30 às 12h40
Rua Correia de Andrade, 232, Brás, São Paulo – SP

 

9 respostas para “O que aprendi ao falar no TEDx Talks”

  1. Bom dia. Sou pessoa que gagueja e a vida toda sofri com essa dificuldade. Não consigo me expressar a maneira que gostaria. A gagueira me causa sofrimento, tenho 36 anos e sempre gaguejei. No trabalho isso me causa desconforto, porque as pessoas não entendem o que é a gagueira, alguns riem, outros fazem piadas, outros tem pena de mim. Em entrevistas de emprego sou excluída.
    Não sou uma pessoa considerada ” normal”, mas também não sou considerada deficiente. Esse projeto de lei me trouxe esperança. Muito obrigada pela postagem.

  2. Vcs que tem alguma diferença física dos outros, nuncam se sintam inferiores, somos todos iguais. Deus, Ele nos fez perfeitos com muito amor e todos somos capazes, nunca deixe se elevar pelo sentimento ruim de alguém que não sabe se expressar, qualquer ser humano pode superar suas dificuldades, se orgulhe de vcs, são capazes de fazer sempre o melhor, e use a seu favor: a paciência, benovolência e a calma e toda a sabedoria que vcs tem. Um grande abraço meus irmãos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *