Cursos gratuitos são ofertados para pessoas com deficiência

Formações técnicas são em segurança do trabalho ou em enfermagem. Também há oportunidade para qualificação e reciclagem em vigilância.

Ícone que representa um livro aberto, em fundo roxo.
Compartilhe:

O Núcleo de Apoio ao Trabalho (NAT) disponibiliza vagas em cursos gratuitos para pessoas com deficiência. As aulas já começaram, mas as matrículas podem ser feitas ainda nesta terça-feira (9) até a sexta-feira (12) para a formação de técnicos em segurança do trabalho ou em enfermagem (ministrados pela Fundação São Lucas), além de oportunidade para a qualificação ou reciclagem de vigilante (ministrados pela Infante).

De acordo com Rosália Amaral, assistente social responsável pelo setor da pessoa com deficiência do NAT, a escolha dos cursos partiu de um levantamento realizado para identificar a demanda do mercado.

A matrícula pode ser feita das 07h às 13h na sede do NAT na Secretaria de Estado da Mulher, Inclusão e Assistência Social, do Trabalho e dos Direitos Humanos (Seidh) localizada na Rua Santa Luzia, 680, no Bairro São José em Aracaju.

É necessário que o candidato à vaga apresente os seguintes documentos: carteira de trabalho com o PIS, CPF, carteira de identidade, certificado de conclusão do Ensino Médio, e laudo médico com a CID.

As oportunidades são resultado de uma parceria com o Ministério Público do Trabalho (MPT), a Superintendência Regional do Trabalho e Emprego (SRTE) e o Conselho Estadual dos Direitos da Pessoa com Deficiência (CEDPcD).

Fonte: G1

9 respostas para “O que aprendi ao falar no TEDx Talks”

  1. Bom dia. Sou pessoa que gagueja e a vida toda sofri com essa dificuldade. Não consigo me expressar a maneira que gostaria. A gagueira me causa sofrimento, tenho 36 anos e sempre gaguejei. No trabalho isso me causa desconforto, porque as pessoas não entendem o que é a gagueira, alguns riem, outros fazem piadas, outros tem pena de mim. Em entrevistas de emprego sou excluída.
    Não sou uma pessoa considerada ” normal”, mas também não sou considerada deficiente. Esse projeto de lei me trouxe esperança. Muito obrigada pela postagem.

  2. Vcs que tem alguma diferença física dos outros, nuncam se sintam inferiores, somos todos iguais. Deus, Ele nos fez perfeitos com muito amor e todos somos capazes, nunca deixe se elevar pelo sentimento ruim de alguém que não sabe se expressar, qualquer ser humano pode superar suas dificuldades, se orgulhe de vcs, são capazes de fazer sempre o melhor, e use a seu favor: a paciência, benovolência e a calma e toda a sabedoria que vcs tem. Um grande abraço meus irmãos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *