Equipamento facilita atendimento de surdos nos aeroportos do Rio

Disponibilizado pela GOL, o equipamento conta com recursos holográficos com tradução simultânea para a Língua Brasileira de Sinais (Libras)​

Ícone que representa Libras, em fundo verde.
Compartilhe:

A Gol Linhas Aéreas Inteligentes anunciou um equipamento de acessibilidade com tradução simultânea em Libras, voltado para o atendimento de pessoas com deficiência auditiva nos aeroportos Santos Dumont e Rio Galeão, no Rio de Janeiro. A companhia já oferece esse serviço de assistência especial nos terminais de Congonhas, na capital paulista, e Guarulhos, em São Paulo, há dois anos.

Pioneira ​no mundo, a máquina permite que os clientes possam obter informações e ​esclarecer possíveis dúvidas sobre o seu voo, portão de embarque e/ou outras informações referentes à viagem, usando o ICOM – plataforma de atendimento a pessoas com deficiência auditiva com som e vídeo, conectadas em tempo real a uma central de tradução com intérpretes fluentes em Libras.

Quando acionado, o serviço interliga a comunicação do cliente no aeroporto por uma videoconferência, proporcionando um atendimento rápido e eficiente ao passageiro. O sistema é executado por meio de uma caixa multimídia, com tecnologia da ​empresa ​Midia in th​e​ Box,​desenvolvida para atender, informar e entreter os usuários do sistema. Esta iniciativa tem parceria com a AME (Amigos Metroviários dos Excepcionais), responsável pelos representantes tradutores que fazem a interface para este atendimento.

Em fase de testes, por três meses, o equipamento está disponível no aeroporto Santos Dumont ao lado da fila de assistência especial, e próxima da loja da VoeGol, no Rio Galeão, e poderão ser utilizadas de segunda a sábado das 7h às 19h.

Fonte: Assessoria

9 respostas para “O que aprendi ao falar no TEDx Talks”

  1. Bom dia. Sou pessoa que gagueja e a vida toda sofri com essa dificuldade. Não consigo me expressar a maneira que gostaria. A gagueira me causa sofrimento, tenho 36 anos e sempre gaguejei. No trabalho isso me causa desconforto, porque as pessoas não entendem o que é a gagueira, alguns riem, outros fazem piadas, outros tem pena de mim. Em entrevistas de emprego sou excluída.
    Não sou uma pessoa considerada ” normal”, mas também não sou considerada deficiente. Esse projeto de lei me trouxe esperança. Muito obrigada pela postagem.

  2. Vcs que tem alguma diferença física dos outros, nuncam se sintam inferiores, somos todos iguais. Deus, Ele nos fez perfeitos com muito amor e todos somos capazes, nunca deixe se elevar pelo sentimento ruim de alguém que não sabe se expressar, qualquer ser humano pode superar suas dificuldades, se orgulhe de vcs, são capazes de fazer sempre o melhor, e use a seu favor: a paciência, benovolência e a calma e toda a sabedoria que vcs tem. Um grande abraço meus irmãos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *