Pacientes da AACD recebem visita do cão Magnus

Animal da raça Bernese provocou sorrisos e ganhou o carinho de dezenas de crianças e adultos em tratamento na unidade Ibirapuera da instituição

Em um corredor fechado, três crianças em cadeiras de rodas fazem carinho em um cachorro de porte médio
Compartilhe:

Adultos e crianças em tratamento na Associação de Assistência à Criança Deficiente (AACD) ganharam um novo motivo para sorrir na manhã da última quarta-feira (24). Isso porque o Magnus, cão da raça Bernese, fez uma visita à unidade Ibirapuera da instituição e tornou a rotina dos pacientes mais leve e feliz.

“É uma honra participar de uma iniciativa importante como esta e perceber que uma atitude tão singela é capaz de dar forças para que essas pessoas sigam firmes no tratamento”, afirma Pedro Fogaça, do Marketing da Magnus, fabricante de alimentos para cães e gatos, e um dos responsáveis pela ação.

Esta foi a primeira de quatro visitas que o cão fará à instituição neste ano. A raça Bernese é muito dócil, sociável e ideal para o convívio com crianças e também para a presença em tratamentos.

O Magnus foi selecionado ainda filhote e passou por adestramento e situações de sociabilização desde então. Ele é presença constante em ações sociais promovidas pela empresa e também em asilos e hospitais, como o Grupo de Pesquisa e Assistência ao Câncer Infantil (GPACI), de Sorocaba (SP).

Fonte: Assessoria

 

6 respostas para “O que aprendi ao falar no TEDx Talks”

  1. Bom dia. Sou pessoa que gagueja e a vida toda sofri com essa dificuldade. Não consigo me expressar a maneira que gostaria. A gagueira me causa sofrimento, tenho 36 anos e sempre gaguejei. No trabalho isso me causa desconforto, porque as pessoas não entendem o que é a gagueira, alguns riem, outros fazem piadas, outros tem pena de mim. Em entrevistas de emprego sou excluída.
    Não sou uma pessoa considerada ” normal”, mas também não sou considerada deficiente. Esse projeto de lei me trouxe esperança. Muito obrigada pela postagem.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *