Uberaba promove 1º Congresso Regional da Pessoa com Deficiência

O evento acontece nos dias 7 e 8 de março e as inscrições estão abertas; palestras e minicursos gratuitos fazem parte da programação

Arte em fundo azul, com os símbolos das deficiências intelectual, visual, física e auditiva dispostos verticalmente, da esquerda para a direita
Compartilhe:

O portal G1 divulgou uma nota sobre o 1º Congresso Regional da Pessoa com Deficiência em Uberaba, Minas Gerais. Abaixo, o conteúdo na íntegra:

A Secretaria de Desenvolvimento Social de Uberaba está com inscrições abertas para o 1º Congresso Regional da Pessoa com Deficiência. O evento, acontecerá  nos dias 7 e 8 de março com o tema “Os Avanços e Expectativas da Inclusão Social para Pessoas com Deficiência”.

O Congresso tem o objetivo de discutir o assunto, com base nos princípios da universalidade e da solidariedade, além de buscar alternativas que propiciem condições mínimas de inserção na sociedade. O intuito é buscar alternativas onde essas pessoas possam estudar, trabalhar, praticar esportes, viver com independência, dignidade, e desenvolver a própria personalidade.

O evento acontece no Cine Teatro Vera Cruz e em instituições parceiras como a Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais (APAE), a Escola para Surdos Dulce de Oliveira e o Instituto dos Cegos do Brasil Central.

Segundo o secretário de Desenvolvimento Social, Marco Túlio Azevedo Cury, o congresso será uma oportunidade para que toda a comunidade possa participar das discussões e contribuir com ideias para garantir o acesso de pessoas com deficiência na comunidade.

“Esse será um momento de ouvir as propostas da população, mas principalmente das pessoas que vivem essa realidade e que enfrentam as dificuldades em seu dia a dia. Esperamos que a partir disso, possamos desenvolver políticas públicas cada vez mais pontuais para essas pessoas”, destacou.

Confira a programação:

– 7 de março:
7h30: abertura do evento no Cine Vera Cruz, com credenciamento e palestra “O Envelhecimento da Pessoa com Deficiência”.

13h30: minicursos em diversos pontos da cidade.
APAE (3 minicursos)- A Equoterapia e a Reabilitação da Pessoa com Deficiência
O Direito Violado da Pessoa com Deficiência
Cérebro e Aprendizagem.

Escola para Surdos Dulce de Oliveira (5 minicursos) – Libras no contexto escolar – tenho um aluno surdo, e agora?
Trabalhando os cinco parâmetros da Língua de Sinais Brasileira- construindo e aprendendo a Língua Materna dos Alunos Surdos
A Pessoa com Deficiência – Além da Lei das Cotas
As Políticas Públicas das Pessoas com Deficiência
A Pessoa com Deficiência no Esporte.

Instituto dos Cegos do Brasil Central (1 minicurso) – Técnicas de Orientação e Mobilidade.

– 8 de março:
07h30: início do evento no Cine Vera Cruz com apresentação artística e a palestra “Os Desafios da Inclusão Escolar da Pessoa com Deficiência”.

13h30: palestra “O Sentido do Trabalho para a Pessoa com Deficiência” e exposição de banners com trabalhos científicos.

Ao término da palestra serão realizadas as considerações finais e o encerramento do evento.

Mais informações e inscrições no site do evento.

Fonte: G1

3 respostas para “O que aprendi ao falar no TEDx Talks”

  1. Bom dia. Sou pessoa que gagueja e a vida toda sofri com essa dificuldade. Não consigo me expressar a maneira que gostaria. A gagueira me causa sofrimento, tenho 36 anos e sempre gaguejei. No trabalho isso me causa desconforto, porque as pessoas não entendem o que é a gagueira, alguns riem, outros fazem piadas, outros tem pena de mim. Em entrevistas de emprego sou excluída.
    Não sou uma pessoa considerada ” normal”, mas também não sou considerada deficiente. Esse projeto de lei me trouxe esperança. Muito obrigada pela postagem.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *