Novo Olhar: mulheres com deficiência e eficiência

No mês da mulher, o blog “Novo Olhar” lista grandes nomes femininos com algum tipo de deficiência que se destacaram

Compartilhe:

O blogo Novo Olhar, do site G1, publicou nota com relação de mulheres com deficiência que se destacaram. Abaixo, a matéria na íntegra:

Nascer com uma limitação física já foi sinônimo de incapacidade, inutilidade e exclusão. Com o passar do tempo, as pessoas com deficiência de qualquer natureza, foram construindo suas histórias, traçando seus caminhos e mostrando à sociedade sua capacidade de superar limites e ultrapassar barreiras pessoais e sociais.

Não são poucos os exemplos apresentados aqui no blog, de pessoas simples do nosso cotidiano, que nasceram com alguma deficiência e não se deixaram invadir pelo desânimo, acomodação e conquistaram o seu espaço, mesmo quando tudo parecia impossível ou muito difícil.

Hoje, vamos mostrar exemplos de mulheres fantásticas, que fizeram história, ao transformar limitações físicas, numa ponte para incentivar outras pessoas e construir novos caminhos para outras pessoas com deficiência.

São elas:

Laura Bridgman:
Nasceu em 1829 em Hanover nos Estados Unidos. Foi a primeira mulher a estudar a língua inglesa, mesmo sendo surda e cega desde os dois anos de idade. Foi professora da escola Parkins para cegos. Morreu em 1889.

Helen Keller:
Nasceu em 1880. Foi a primeira pessoa surda e cega a conquistar um bacharelado. Escritora, conferencista e ativista social americana também conhecida por suas obras na literatura e cinema. Morreu em 1968.

Frida Kahlo:
Nasceu em 1907, no México. Foi uma das maiores figuras representativas do feminismo. Teve a perna amputada aos 45 anos de idade. Morreu em 1954.

Maria da Penha:
Nasceu em 1945, no Ceará.  Foi vítima de violência doméstica que deu nome a Lei que defende as mulheres ( Lei Maria da Penha),  ficou  paraplégica por conta das agressões que sofreu do ex-marido. É farmacêutica e hoje é representante dos movimentos feministas.

Dorina Nowill:
Nasceu em 1919 em São Paulo. Ficou cega aos 17 anos devido a uma infecção ocular. Seu legado foi a criação e implantação de instituições, leis e campanhas em prol das pessoas com deficiência visual. Idealizadora e fundadora da Fundação Dorina Nowill, associação que atende  cegos.

Mara Gabrilli:
A Deputada Mara Gabrilli, nasceu em 1967 em São Paulo. Sofreu um acidente de carro que a deixou tetraplégica aos 27 anos de idade. Formada em publicidade e psicologia, fundou o Instituto Mara Gabrilli, que atende pessoas com deficiência.

Ana Rita de Paula:
Nasceu em 1962 em São Paulo, com uma deficiência congênita e progressiva, que a deixou na cadeira de rodas. Psicóloga, ganhou muitos prêmios por se dedicar a dar visibilidade para pessoas com deficiência e pela sua luta visando inclusão e acessibilidade.

Vanessa Vidal:
Nasceu no Ceará em 1984. Tem deficiência auditiva desde a infância e formou-se em ciências contábeis e letras/libras. Em 2008, ficou em segundo lugar no concurso de Miss Brasil, sendo a primeira candidata com deficiência. Hoje ela luta pela inclusão.

Diante de mulheres com tamanha eficiência, não conseguimos enxergar suas deficiências. Precisamos sim, lançar um Novo Olhar para cada uma delas e fazer das nossas limitações, uma forma de traçar caminhos e ajudar sem limites outros seres humanos.

Fonte: Blog Novo Olhar – G1

11 respostas para “O que aprendi ao falar no TEDx Talks”

  1. Bom dia. Sou pessoa que gagueja e a vida toda sofri com essa dificuldade. Não consigo me expressar a maneira que gostaria. A gagueira me causa sofrimento, tenho 36 anos e sempre gaguejei. No trabalho isso me causa desconforto, porque as pessoas não entendem o que é a gagueira, alguns riem, outros fazem piadas, outros tem pena de mim. Em entrevistas de emprego sou excluída.
    Não sou uma pessoa considerada ” normal”, mas também não sou considerada deficiente. Esse projeto de lei me trouxe esperança. Muito obrigada pela postagem.

  2. Vcs que tem alguma diferença física dos outros, nuncam se sintam inferiores, somos todos iguais. Deus, Ele nos fez perfeitos com muito amor e todos somos capazes, nunca deixe se elevar pelo sentimento ruim de alguém que não sabe se expressar, qualquer ser humano pode superar suas dificuldades, se orgulhe de vcs, são capazes de fazer sempre o melhor, e use a seu favor: a paciência, benovolência e a calma e toda a sabedoria que vcs tem. Um grande abraço meus irmãos.

  3. em algumas companhias de avião (Latam, Gol…) só é permitido o voo gratuito do def.fisico em caso de tratamento médico comprovado, para isso deve preencher cadastro valido por um ano, no caso do acompanhante terá 50% de desconto na viagem. melhores informações no Youtube “Pessoas com deficiência terão passe livre em aviões” ou similares. boa sorte

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *