Feira Mobility & Show começa hoje na Zona Sul do Rio

Evento gratuito reúne veículos adaptados e traz inclusão e acessibilidade para pessoas com mobilidade reduzida

Em fundo roxo, ícone da deficiência física em branco
Compartilhe:

A Mobility Show, feira de acessibilidade que nasceu em São Paulo, em 2015, chega pela primeira vez ao Rio de Janeiro. Essa é a terceira edição da iniciativa que reúne empresas e serviços que viabilizam a mobilidade e a melhoria da qualidade de vida de pessoas com deficiência.

No evento, que vai de sexta-feira (7) até domingo (9), na Marina da Glória, os visitantes terão a possibilidade de conhecer montadoras e adaptadoras de veículos, autoescolas, despachantes, clínicas médicas, modelos de cadeira de rodas e todo tipo de fabricantes de produtos e equipamentos. Um atendimento gratuito para tirar dúvidas sobre direitos, benefícios e isenções também estará disponível. Pessoas com deficiências que dificultam ou impeçam a mobilidade têm direito de adquirir automóveis com isenção de impostos como IPI, ICMS e IOF, além de não precisarem pagar IPVA.

O diretor da Mobility Show, Rodrigo Rosso, explica que a vinda do evento para o Rio de Janeiro foi um interesse do público carioca. A expectativa de público para essa primeira edição na cidade é de 3 a 5 mil visitantes. Durante o evento, são esperados de 700 a 1.000 test-drives.

Segundo o Censo de 2010, existem no Brasil mais de 46 milhões de pessoas com algum tipo de deficiência. Segundo dados da ONU e da OMS, mais de 500 pessoas por dia nascem ou se tornam uma pessoa com deficiência, seja por acidentes de transito, violência urbana, acidentes de trabalho, práticas de esportes radicais e outros fatores. Só no estado do Rio de Janeiro, vivem 4 milhões de pessoas com deficiência.

Considerando também idosos e pessoas com mobilidade reduzida, estima-se que o número de pessoas envolvidas diretamente com a causa e que podem usufruir dos direitos existentes em nossa legislação para o segmento ultrapasse, também no estado do Rio, a casa de 10 milhões de pessoas e a maioria delas não tem conhecimento desses benefícios.

O quê: Mobility & Show RJ
Quando: 07 a 09 de julho. Sexta-feira, das 12h às 18h, e Sábado e Domingo, das 10h às 18h
Onde: Marina da Glória
Endereço: Av. Infante Dom Henrique, s/nº, Glória. Rio de Janeiro/RJ
Telefone: (11) 3873-1525 ou 0800 772 6612
Entrada Gratuita

Fonte: G1

9 respostas para “O que aprendi ao falar no TEDx Talks”

  1. Bom dia. Sou pessoa que gagueja e a vida toda sofri com essa dificuldade. Não consigo me expressar a maneira que gostaria. A gagueira me causa sofrimento, tenho 36 anos e sempre gaguejei. No trabalho isso me causa desconforto, porque as pessoas não entendem o que é a gagueira, alguns riem, outros fazem piadas, outros tem pena de mim. Em entrevistas de emprego sou excluída.
    Não sou uma pessoa considerada ” normal”, mas também não sou considerada deficiente. Esse projeto de lei me trouxe esperança. Muito obrigada pela postagem.

  2. Vcs que tem alguma diferença física dos outros, nuncam se sintam inferiores, somos todos iguais. Deus, Ele nos fez perfeitos com muito amor e todos somos capazes, nunca deixe se elevar pelo sentimento ruim de alguém que não sabe se expressar, qualquer ser humano pode superar suas dificuldades, se orgulhe de vcs, são capazes de fazer sempre o melhor, e use a seu favor: a paciência, benovolência e a calma e toda a sabedoria que vcs tem. Um grande abraço meus irmãos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *