Entidades em prol de PCDs recebem equipamentos do governo do PI

A iniciativa é fruto de um termo de Termo de Cooperação Técnica entre secretarias do Estado

Foto de um com seis homens, posando para foto. Ao centro, há um cego com óculos escuros e bengala
Compartilhe:

O governador do Piauí, Wellington Dias, recebeu representantes de instituições teresinenses que trabalham em prol da pessoa com deficiência, para a entrega de kits de informática.

Os novos equipamentos serão distribuídos a dez instituições. A iniciativa é fruto de um termo de Termo de Cooperação Técnica firmado entre gestores da Secretaria Estadual de Administração e Previdência (SeadPrev), Secretaria de Estado da Educação (Seduc) e Secretaria Estadual para Inclusão da Pessoa com Deficiência (Seid).

Para Jucilene Maria da Silva, presidente da Associação de cadeirantes de Teresina (ASCAMTE), a chegada do material é bem-vinda para a continuidade do trabalho da instituição. “O Governo está dando oportunidades para as entidades. Tivemos nosso trabalho dificultado com furto de nossos equipamentos, mas agora, com novos computadores, impressora e demais materiais de suporte, nosso trabalho será bastante facilitado.”

“Fico feliz por podermos entregar equipamentos de informática para instituições que atuam em prol da pessoa com deficiência. Iniciativas como essa ampliam a capacidade de atuação dessas entidades, por isso comemoro o fortalecimento dessas políticas públicas.”, destaca o o governador Wellington Dias.

“Essas primeiras instituições beneficiadas vão poder fazer pesquisas, elaborar projetos para captação de recursos, além de divulgar com mais eficiência o que realizam em benefício de um segmento importante da sociedade”, explica Mauro Eduardo, secretário para Inclusão da Pessoa com Deficiência.

Os kits contém notebook, impressora, projetor (datashow), telão com suporte e câmera fotográfica. Na oportunidade também foram distribuídos exemplares do Estatuto Estadual da Pessoa com Deficiência.

Fonte: Governo do Estado do Piauí

9 respostas para “O que aprendi ao falar no TEDx Talks”

  1. Bom dia. Sou pessoa que gagueja e a vida toda sofri com essa dificuldade. Não consigo me expressar a maneira que gostaria. A gagueira me causa sofrimento, tenho 36 anos e sempre gaguejei. No trabalho isso me causa desconforto, porque as pessoas não entendem o que é a gagueira, alguns riem, outros fazem piadas, outros tem pena de mim. Em entrevistas de emprego sou excluída.
    Não sou uma pessoa considerada ” normal”, mas também não sou considerada deficiente. Esse projeto de lei me trouxe esperança. Muito obrigada pela postagem.

  2. Vcs que tem alguma diferença física dos outros, nuncam se sintam inferiores, somos todos iguais. Deus, Ele nos fez perfeitos com muito amor e todos somos capazes, nunca deixe se elevar pelo sentimento ruim de alguém que não sabe se expressar, qualquer ser humano pode superar suas dificuldades, se orgulhe de vcs, são capazes de fazer sempre o melhor, e use a seu favor: a paciência, benovolência e a calma e toda a sabedoria que vcs tem. Um grande abraço meus irmãos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *