Musical Les Misérables terá sessões com acessibilidade

Baseado na obra da literatura francesa Les Misérables, musical terá audiodescrição e será interpretado na Língua Brasileira de Sinais (Libras)

Compartilhe:

O espetáculo Les Misérables terá três sessões com acessibilidade neste segundo semestre. As apresentações com audiodescrição e interpretadas na Língua Brasileira de Sinais (Libras) acontecerão, às 16h, dos dias 16 de agosto; 13 de setembro e 11 de outubro. Os ingressos custarão R$ 25 (meia entrada) e R$ 50 (inteira).

Os ingressos para as sessões de acessibilidade do dia 16 de agosto já estão à venda. Todos os ingressos dpodem ser adquiridos na bilheteria do Teatro Renault (sem taxa de conveniência – Av. Brigadeiro Luís Antônio, 411 – Bela Vista), pela internet (www.ticketsforfun.com.br) e pontos de venda espalhados pelo país, com parcelamento em até duas vezes.

As outras sessões de Les Mis acontecem às quintas e sextas, às 21h; aos sábados, às 16h e 21h; e aos domingos, às 15h e 20h.

O espetáculo Les Misérables é baseado no clássico romance de Victor Hugo e já foi visto por mais de 70 milhões de pessoas em 44 países e traduzido para 22 idiomas. Também já venceu mais de 125 prêmios internacionais. Esta mais recente produção de Alain Boublil e Claude-Michel Schönberg, foi reinventada para celebrar o 25º Aniversário da produção em Londres em 2010 e quebrou os recordes de bilheteria. Impressionou público e críticos no Reino Unido, EUA, Austrália, Ásia, Canadá, Dubai, França e Espanha e mais: inspirou os cineastas a fazer a versão do filme que ganhou três Oscar, três Globos de Ouro e quatro prêmios BAFTA, e se tornou um dos mais bem sucedidos filmes musicais já realizados.

Fonte: Dica de Teatro 

3 respostas para “O que aprendi ao falar no TEDx Talks”

  1. Bom dia. Sou pessoa que gagueja e a vida toda sofri com essa dificuldade. Não consigo me expressar a maneira que gostaria. A gagueira me causa sofrimento, tenho 36 anos e sempre gaguejei. No trabalho isso me causa desconforto, porque as pessoas não entendem o que é a gagueira, alguns riem, outros fazem piadas, outros tem pena de mim. Em entrevistas de emprego sou excluída.
    Não sou uma pessoa considerada ” normal”, mas também não sou considerada deficiente. Esse projeto de lei me trouxe esperança. Muito obrigada pela postagem.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *