Projeto leva pessoas com deficiência visual para pedalar

O Pedaleiros começou em dezembro de 2015 e já levou mais de 1.200 pessoas com deficiência visual para pedalar em diferentes lugares do Rio de Janeiro.

Foto de pessoas andando de bicicleta
Compartilhe:

O Projeto Pedaleiros retorna ao Rio de Janeiro com duas etapas e leva pessoas com deficiência visual para pedalar em na Praça Mauá, no sábado, dia 21, e em Niterói (local a definir), no sábado, dia 28 de outubro.

A iniciativa tem sempre participação gratuita e dura quatro horas, das 10h às 14h. Não é necessário fazer inscrição prévia.

Conheça o projeto

O Pedaleiros começou em dezembro de 2015 e já realizou nove etapas levando mais de 1.200 pessoas com deficiência visual para pedalar em diferentes lugares do Rio de Janeiro. De Copacabana a Nova Iguaçu, de Madureira à Lagoa Rodrigo de Freitas. Já estão programadas outras quatro na capital fluminense, ainda em 2017, para levar essa experiência a um maior número de pessoas.

Sem fins lucrativos, Pedaleiros tem base em uma das principais dificuldades das pessoas com deficiência visual: a mobilidade. Pensando na atenção que é preciso dar à saúde dessas pessoas, o projeto coloca todos em convívio social e oferece um momento único de liberdade.

Pedaleiros Guias capacitados usam bicicletas no formato tandem – é como uma bike, mas que pode ser conduzida por mais de uma pessoa – para fazer o passeio com as pessoas com deficiência visual enquanto descrevem todo o percurso. Pessoas sem deficiência visual também podem desfrutar da sensação, fazendo o passeio vendadas.

Fonte: Catraca Livre

11 respostas para “O que aprendi ao falar no TEDx Talks”

  1. Bom dia. Sou pessoa que gagueja e a vida toda sofri com essa dificuldade. Não consigo me expressar a maneira que gostaria. A gagueira me causa sofrimento, tenho 36 anos e sempre gaguejei. No trabalho isso me causa desconforto, porque as pessoas não entendem o que é a gagueira, alguns riem, outros fazem piadas, outros tem pena de mim. Em entrevistas de emprego sou excluída.
    Não sou uma pessoa considerada ” normal”, mas também não sou considerada deficiente. Esse projeto de lei me trouxe esperança. Muito obrigada pela postagem.

  2. Vcs que tem alguma diferença física dos outros, nuncam se sintam inferiores, somos todos iguais. Deus, Ele nos fez perfeitos com muito amor e todos somos capazes, nunca deixe se elevar pelo sentimento ruim de alguém que não sabe se expressar, qualquer ser humano pode superar suas dificuldades, se orgulhe de vcs, são capazes de fazer sempre o melhor, e use a seu favor: a paciência, benovolência e a calma e toda a sabedoria que vcs tem. Um grande abraço meus irmãos.

  3. em algumas companhias de avião (Latam, Gol…) só é permitido o voo gratuito do def.fisico em caso de tratamento médico comprovado, para isso deve preencher cadastro valido por um ano, no caso do acompanhante terá 50% de desconto na viagem. melhores informações no Youtube “Pessoas com deficiência terão passe livre em aviões” ou similares. boa sorte

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *