Em São Paulo, CMPD promove Novembro azul para homens com deficiência

Plenária do Conselho Municipal da Pessoa com Deficiência dedicada à prevenção do câncer de próstata acontece dia 11 de novembro, na Câmara Municipal de São Paulo

Foto do laço azul que representa a campanha do câncer de próstata. Há um bigode sobre o laço
Compartilhe:

O Conselho Municipal da Pessoa com Deficiência de São Paulo promove no dia 11 de novembro, a partir das 13h, sua Plenária mensal voltada à campanha mundial “Novembro Azul”, mês dedicado às ações de conscientização à saúde do homem, com ênfase na prevenção e no diagnóstico precoce do câncer de próstata.

Com apoio do Instituto Lado a Lado pela Vida, Associação Paulista para o Desenvolvimento de Medicina e das Secretarias Municipais da Pessoa com Deficiência (SMPED) e Saúde (SMS), o evento irá oferecer palestras informativas sobre a prevenção do câncer de próstata.

Segundo dados do Instituto Nacional do Câncer (INCA), o câncer de próstata é o segundo mais comum entre os homens no Brasil, fica atrás apenas do câncer de pele não-melanoma. 21% dos homens brasileiros afirmam que o exame de toque retal, feito para detectar o câncer de próstata, “não é coisa de homem” . Entre aqueles com mais de 60 anos, grupo que possui maior risco de ter a doença,  38% acham que o procedimento “não é necessário” e 27% nunca fizeram o exame, conforme dados de uma pesquisa Datafolha realizada entre junho e julho deste ano em sete capitais do país. Foram entrevistados 1062 homens com 40 anos ou mais.

O secretário municipal da Pessoa com Deficiência, Cid Torquato, ressalta a importância desta iniciativa: “Estimular a prevenção do câncer de próstata, principalmente a homens com deficiência, é essencial para assegurar a saúde masculina”, falou o secretário.

O evento será na Câmara Municipal de São Paulo, no Auditório 1° de Maio, e contará com recurso de acessibilidade de Libras.

Sobre o Novembro Azul

A campanha internacional começou na Austrália, em 1999, quando alguns amigos deixaram o bigode crescer durante todo o mês com objetivo de dar visibilidade e apoio da saúde masculina e ajudar na arrecadação de fundos a instituições de caridade. Em 17 de novembro comemora-se o Dia Mundial de Combate ao Câncer de Próstata, por isso esse foi o mês escolhido para realizar as mobilizações.

Assista ao vídeo no Facebook.  

O quê: Plenária Temática Novembro Azul
Quando: 11/11, das 13h às 17h
Onde: Câmara Municipal de São Paulo
End.: Palácio Anchieta – Viaduto Jacareí, 100 – Bela Vista, São Paulo – SP

Fonte: Assessoria

9 respostas para “O que aprendi ao falar no TEDx Talks”

  1. Bom dia. Sou pessoa que gagueja e a vida toda sofri com essa dificuldade. Não consigo me expressar a maneira que gostaria. A gagueira me causa sofrimento, tenho 36 anos e sempre gaguejei. No trabalho isso me causa desconforto, porque as pessoas não entendem o que é a gagueira, alguns riem, outros fazem piadas, outros tem pena de mim. Em entrevistas de emprego sou excluída.
    Não sou uma pessoa considerada ” normal”, mas também não sou considerada deficiente. Esse projeto de lei me trouxe esperança. Muito obrigada pela postagem.

  2. Vcs que tem alguma diferença física dos outros, nuncam se sintam inferiores, somos todos iguais. Deus, Ele nos fez perfeitos com muito amor e todos somos capazes, nunca deixe se elevar pelo sentimento ruim de alguém que não sabe se expressar, qualquer ser humano pode superar suas dificuldades, se orgulhe de vcs, são capazes de fazer sempre o melhor, e use a seu favor: a paciência, benovolência e a calma e toda a sabedoria que vcs tem. Um grande abraço meus irmãos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *