Conheça a cadeira de rodas comandada pelo smartphone

Com bateria que dura até 8 horas, a cadeira de rodas mantém os braços livres durante o uso e traz mais autonomia ao condutor

Foto de uma jovem mulher loira de pijamas, sentada na beira da cama. Perto dela, há uma cadeira motorizada, com uma base azul que indica o assento
Compartilhe:

A Ride-Roid, criada pela empresa japonesa Tmsuk, tem uma proposta totalmente diferente para cadeira de rodas. O modelo traz vários conceitos mais robóticos, permitindo que o usuário sente em uma posição mais alta, direcionada para frente.

Seu uso é similar a montar um cavalo, facilitando a execução de atividades como subir na cadeira e pegar uma escova de dentes.

Além do design revolucionário, o condutor pode controlar a cadeira usando um smartphone. Ao acordar, basta apertar um botão para que a cadeira chegue até o quarto para que o cadeirante possa sair da cama.

A cadeira funciona a base de bateria com duração de 8h e garante mais autonomia, pois mantém os braços livres. A novidade já está disponível no Japão e deve chegar no Reino Unido em 2018, no valor de US$ 8.700.

Fonte: Tecmundo

6 respostas para “O que aprendi ao falar no TEDx Talks”

  1. Bom dia. Sou pessoa que gagueja e a vida toda sofri com essa dificuldade. Não consigo me expressar a maneira que gostaria. A gagueira me causa sofrimento, tenho 36 anos e sempre gaguejei. No trabalho isso me causa desconforto, porque as pessoas não entendem o que é a gagueira, alguns riem, outros fazem piadas, outros tem pena de mim. Em entrevistas de emprego sou excluída.
    Não sou uma pessoa considerada ” normal”, mas também não sou considerada deficiente. Esse projeto de lei me trouxe esperança. Muito obrigada pela postagem.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *