Após reforma, governo do PI reinaugura Centro Integrado de Reabilitação

Além de atender às pessoas com deficiência auditiva, o novo espaço pretende atender quem precisa de reabilitação visual

Foto de uma sala fechada, branca , com uma mesa de atendimento e cadeiras vazias
Compartilhe:

Por Lorenna Costa

O governador Wellington Dias entregou, nesta terça-feira (30), as obras de reforma do Centro Integrado de Reabilitação (Ceir), em Teresina, capital piauiense. A reforma garantiu a ampliação do Espaço Saúde, que atende ao Programa de Saúde Auditiva (PSA) do governo federal, indicação e colocação de aparelhos auditivos e reabilitação auditiva.

Além de atender às pessoas com deficiência auditiva, o novo espaço pretende atender às exigências contidas no instrutivo de reabilitação visual. “O Ceir já tinha uma estrutura para atender deficiência física, auditiva e intelectual, mas agora passará a ajudar também as pessoas com deficiência visual. Agora é possível fazer os exames no Piauí e de forma gratuita, que permitem, por exemplo, saber se a pessoa ouve, com que potência, o motivo e a solução. É uma vitória para todos nós”, destacou o governador.

As novas instalações contam com um consultório de otorrino, sala de prótese, sala de audiologia e sala do bera. “Hoje vivemos um momento de muita alegria entregando mais um serviço que, até então, não estávamos aptos a oferecer. Agora o Ceir está habilitado para ser credenciado no Centro Especializado de Reabilitação IV para que possamos atender a todas as deficiências. Seremos um centro completo”, pontuou o secretário de Estado para Inclusão da Pessoa com Deficiência, Mauro Eduardo.

Ao todo, foram investidos R$449.999,75, sendo R$ 415.000 de emendas parlamentares dos deputados federais Merlong Solano e Rejane Dias e deputados estaduais Cícero Magalhães, Hélio Isaías e Themístocles Filho, além de R$ 34.999,75 oriundos da Associação Reabilitar.

“No Espaço Saúde, cerca de 300 pessoas com deficiência auditiva poderão ser atendidas e ainda estamos fazendo o planejamento para atender as com deficiência visual, que deve se adequar à legislação”, disse o presidente Voluntário da Associação Reabilitar, Benjamin Pessoa Vale.

Para Idalice Nunes, mãe da paciente Maria Vitória, o novo espaço proporcionará um melhor atendimento para a filha de 7 anos, que possui deficiência auditiva. “Quando ela começou a frequentar o Ceir, descobrimos que ela possui uma síndrome, foi quando iniciaram o tratamento correto. Acredito que, com o espaço voltado para essa área em específico, os serviços ofertados irão melhorar ainda mais, com mais conforto e disponibilidade”, falou Idalice.

Neste ano, o Ceir completará 10 anos de serviços prestados à população do Piauí que possui alguma deficiência e comemora mais de um milhão de atendimentos. “Esta ampliação é mais uma prova do crescimento da sensibilidade e responsabilidade social no estado. Hoje atendemos a, aproximadamente, 1600 pessoas por mês. Temos conquistado muitos avanços ao longo desses anos e vamos seguir buscando melhorias para a reabilitação das pessoas com deficiência do estado do Piauí”, enfatizou a secretária de Estado da Educação, Rejane Dias.

Fonte: Portal do Governo do Piauí

9 respostas para “O que aprendi ao falar no TEDx Talks”

  1. Bom dia. Sou pessoa que gagueja e a vida toda sofri com essa dificuldade. Não consigo me expressar a maneira que gostaria. A gagueira me causa sofrimento, tenho 36 anos e sempre gaguejei. No trabalho isso me causa desconforto, porque as pessoas não entendem o que é a gagueira, alguns riem, outros fazem piadas, outros tem pena de mim. Em entrevistas de emprego sou excluída.
    Não sou uma pessoa considerada ” normal”, mas também não sou considerada deficiente. Esse projeto de lei me trouxe esperança. Muito obrigada pela postagem.

  2. Vcs que tem alguma diferença física dos outros, nuncam se sintam inferiores, somos todos iguais. Deus, Ele nos fez perfeitos com muito amor e todos somos capazes, nunca deixe se elevar pelo sentimento ruim de alguém que não sabe se expressar, qualquer ser humano pode superar suas dificuldades, se orgulhe de vcs, são capazes de fazer sempre o melhor, e use a seu favor: a paciência, benovolência e a calma e toda a sabedoria que vcs tem. Um grande abraço meus irmãos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *