Prefeitura de SP promove abertura do 9º Campeonato de Futebol de Amputados no Ibirapuera

A primeira rodada do torneio, que acontece no dia 3 de março, é gratuita ao público e reitera o fortalecimento do paradesporto e atenção à prevenção de acidentes

Em fundo roxo, há um ícone de uma bola de futebol
Compartilhe:

A quadra society do Parque do Ibirapuera será palco da rodada de abertura do Campeonato Paulista de Futebol de Amputados, no dia 3 de março, a partir das 8h30.

O torneio, promovido pela Associação Brasileira de Desporto para Deficientes Físicos (ABDF), com apoio da Prefeitura de São Paulo, por meio das Secretarias Municipais de Esporte e Lazer (SEME), Verde e Meio Ambiente (SMVA) e Pessoa com Deficiência (SMPED), será realizado de 3 de março a 14 de julho, em oito etapas em diferentes cidade: São Paulo (03/03 e 14/07), Mogi das Cruzes (17/03, 07/04 e 23/06), Peruíbe (12/05), Campinas (02/06) e Praia Grande (07/07).

Serão sete equipes disputando a taça: Corinthians-Mogi, SPFC Futebol de Amputados, Santos AEDPG, Ponte Preta, Instituto Só Vida, Bola pra Frente e Audax Peruíbe. Os jogos serão realizados em uma única chave, todos os times competem entre si, e os dois primeiros colocados se classificam para disputar o título.

O futebol de amputados ganhou visibilidade mundial em meados de 2015, quando a União das Federações Europeias de Futebol (UEFA), em razão da responsabilidade social, criou a Federação Europeia de Futebol para Amputados (EAFF), estimulando a modalidade  na Europa. No continente já são mais de 10 seleções nacionais, com torneios de alto rendimento.

O campeonato, além de promover a categoria, fortalece o paradesporto na cidade. Além disso, chama atenção sobre a prevenção de acidentes que levam a amputação. Só em 2017, mais de 30 mil pessoas morreram em acidentes de trânsito no Brasil, metade dos motoristas e motociclistas acidentados tem entre 18 e 34 anos de idade e 75% ficam com invalidez permanente.

“Nosso grande foco é difundir a prática esportiva como vetor de inclusão para pessoas com deficiência. Mostrar que por meio do esporte, todos podem ser ativos e vivenciar a cidade, além da integração social que a atividade promove. Porém, não podemos deixar de lado o alerta quanto a cautela de acidentes, principalmente automobilísticos, maior causa de amputação ”, explicou o secretário municipal da Pessoa com Deficiência, Cid Torquato.

O Brasil é destaque na modalidade, conquistou o tetra campeonato mundial (1989, 2000, 2001 e 2005) e é tri campeão da América (2009, 2013 e 2015) e atual vencedor da Copa das Confederações (2016).

Conheça as regras do futebol de amputados:

As únicas especificações que diferenciam a categoria do futebol de pessoas sem deficiência são:

  • Os jogos são disputados em campo society, com dimensões mínimas de 60mX38m.
  • Cada equipe tem sete jogadores e o goleiro é amputado de um dos braços. Já os atletas de linha são amputados de uma das pernas.
  • As partidas são divididas em dois tempos de 25 minutos com intervalo de 10 minutos. Os técnicos podem pedir um tempo de um minuto para orientar seus atletas a cada etapa da partida.
  • A muleta não pode tocar na bola de forma intencional e o goleiro não pode sair da área.
  • O tiro de meta não pode ultrapassar o meio campo e a lateral é cobrado com o pé.
  • Não há limite para substituições e os jogadores substituídos podem voltar ao jogo.

Confira a tabela de jogos no Parque do Ibirapuera:

9h: Corinthians x , SPFC Futebol de Amputados
10h: Ponte Preta x Bola pra Frente
11h: Instituto Só Vida x Audax Peruíbe

O quê: Rodada do Campeonato Paulista de Futebol de Amputados no Parque do Ibirapuera
Quando: 3/3, das 8h30 às 15h
Onde: Campo de Futebol próximo a Praça do Porquinho
Endereço: Avenida Quarto Centenário, S/N – Acesso pelo Portão 6

11 respostas para “O que aprendi ao falar no TEDx Talks”

  1. Bom dia. Sou pessoa que gagueja e a vida toda sofri com essa dificuldade. Não consigo me expressar a maneira que gostaria. A gagueira me causa sofrimento, tenho 36 anos e sempre gaguejei. No trabalho isso me causa desconforto, porque as pessoas não entendem o que é a gagueira, alguns riem, outros fazem piadas, outros tem pena de mim. Em entrevistas de emprego sou excluída.
    Não sou uma pessoa considerada ” normal”, mas também não sou considerada deficiente. Esse projeto de lei me trouxe esperança. Muito obrigada pela postagem.

  2. Vcs que tem alguma diferença física dos outros, nuncam se sintam inferiores, somos todos iguais. Deus, Ele nos fez perfeitos com muito amor e todos somos capazes, nunca deixe se elevar pelo sentimento ruim de alguém que não sabe se expressar, qualquer ser humano pode superar suas dificuldades, se orgulhe de vcs, são capazes de fazer sempre o melhor, e use a seu favor: a paciência, benovolência e a calma e toda a sabedoria que vcs tem. Um grande abraço meus irmãos.

  3. em algumas companhias de avião (Latam, Gol…) só é permitido o voo gratuito do def.fisico em caso de tratamento médico comprovado, para isso deve preencher cadastro valido por um ano, no caso do acompanhante terá 50% de desconto na viagem. melhores informações no Youtube “Pessoas com deficiência terão passe livre em aviões” ou similares. boa sorte

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *