Prefeitura de SP relança atendimento online da Central de Intermediação em Libras

A reativação do serviço da Prefeitura de São Paulo, realizado por meio da Secretaria Municipal da Pessoa com Deficiência, atenderá a população surda de forma remota com intérpretes ao vivo

Em um fundo verde, há um ícone que representa o símbolo de libras
Compartilhe:

A partir da próxima terça-feira, 24/4, pessoas com deficiência auditiva poderão acessar os serviços da Central de Intermediação em Libras (CIL), disponível por meio de plataforma digital, para contatar ou utilizar os serviços públicos do município.

O sistema online, que foi desenvolvido especificamente para a Prefeitura de São Paulo, por meio da Secretaria Municipal com Deficiência, oferece intermediação na comunicação por vídeo entre pessoas com deficiência auditiva e serviços públicos, com intérpretes de Libras em tempo real.

O evento que marca a reativação dos serviços e apresentação da nova plataforma da CIL será realizado no mesmo dia, às 10h, no auditório da Biblioteca Mario de Andrade, no Centro da capital. A data foi escolhida em alusão ao Dia Nacional da Língua Brasileira de Sinais e ao Dia Nacional de Educação de Surdos (23/04).

De acordo com o Censo 2010 do IBGE, a capital possui 516 mil pessoas que se auto declararam com alguma deficiência auditiva, sendo 120 mil surdos  usuários da Língua Brasileira de Sinais – LIBRAS ou com grande dificuldade em ouvir e ainda cerca de 250 pessoas com surdocegueira.

O novo sistema funcionará da seguinte forma: os munícipes com deficiência auditiva poderão fazer download do aplicativo “CIL – SMPED”, disponível gratuitamente para celulares e tabletes Android ou IOS e computadores, via website. Quando acionado, o serviço faz a mediação entre surdo e intérprete

A SMPED disponibilizará também, por meio deste serviço, o software para atendimento em Libras em estabelecimentos públicos, como a Biblioteca Mário de Andrade. Nesses postos, a pessoa com deficiência auditiva entra em contato com a equipe do local que fará por meio da plataforma online o contato com a Central de Libras. O munícipe apresentará sua questão/dúvida em Libras e o app triangula a comunicação entre intérprete, surdo e ouvinte.

 “O objetivo da CIL é promover a autonomia das pessoas com deficiência auditiva. A SMPED tem um papel fundamental de garantir o cumprimento dos direitos e inclusão das pessoas com deficiência, apresentando um projeto reformulado e sempre contando com o apoio da comunidade surda, para que o serviço seja referência nacional, como um dos melhores do país!”, esclarece o Secretário Municipal da Pessoa com Deficiência, Cid Torquato.

Sobre a Central de Intermediação de Libras

A Central de Libras funcionará como mediadora na comunicação entre pessoas com deficiência auditiva e surdocegos no atendimento em qualquer serviço público instalado na cidade de São Paulo.

O programa atende em três modalidades: “in loco” para pessoas surdocegas, presencial e digital. Na opção presencial, o solicitante se dirige até a CIL (localizada na sede da Secretaria – Rua Libero Badaró, 425, 32º andar, Centro) para que um intérprete o auxilie.

A CIL Digital funcionará de segunda a sexta-feira (exceto feriados), das 7h às 19h. As solicitações e agendamentos poderão ser feitas pessoalmente ou por telefone e WhatsApp pelo (11) 96470- 4414. Já o atendimento presencial e in loco são realizados das 9h às 17h pelo e-mail agendamento.cil@prefeitura.sp.gov.br

O quê: Relançamento atendimento online da Central de Intermediação em Libras
Quando: terça-feira, 24/4, às 10h
Onde: Auditório da Biblioteca Mário de Andrade
End.: Rua da Consolação, 94 – Consolação
Obs.: confirmar a presença pelo e-mail imprensasmped@prefeitura.sp.gov.br

F
onte: Assessoria

11 respostas para “O que aprendi ao falar no TEDx Talks”

  1. Bom dia. Sou pessoa que gagueja e a vida toda sofri com essa dificuldade. Não consigo me expressar a maneira que gostaria. A gagueira me causa sofrimento, tenho 36 anos e sempre gaguejei. No trabalho isso me causa desconforto, porque as pessoas não entendem o que é a gagueira, alguns riem, outros fazem piadas, outros tem pena de mim. Em entrevistas de emprego sou excluída.
    Não sou uma pessoa considerada ” normal”, mas também não sou considerada deficiente. Esse projeto de lei me trouxe esperança. Muito obrigada pela postagem.

  2. Vcs que tem alguma diferença física dos outros, nuncam se sintam inferiores, somos todos iguais. Deus, Ele nos fez perfeitos com muito amor e todos somos capazes, nunca deixe se elevar pelo sentimento ruim de alguém que não sabe se expressar, qualquer ser humano pode superar suas dificuldades, se orgulhe de vcs, são capazes de fazer sempre o melhor, e use a seu favor: a paciência, benovolência e a calma e toda a sabedoria que vcs tem. Um grande abraço meus irmãos.

  3. em algumas companhias de avião (Latam, Gol…) só é permitido o voo gratuito do def.fisico em caso de tratamento médico comprovado, para isso deve preencher cadastro valido por um ano, no caso do acompanhante terá 50% de desconto na viagem. melhores informações no Youtube “Pessoas com deficiência terão passe livre em aviões” ou similares. boa sorte

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *