Caminhada no Rio alerta para inclusão de pessoas com síndrome de Down

Objetivo do CaminhaDown é chamar a atenção da população para a necessidade de inclusão social de pessoas com Síndrome de Down e combater o preconceito

Em fundo azul, ícone que representa a deficiência intelectual em branco
Compartilhe:

A 14ª edição do CaminhaDown Zona Sul, em Ipanema, no Rio teve como tema “Uma caminhada para exercitar a consciência”. O objetivo foi chamar a atenção da população para a necessidade de inclusão social das pessoas com Síndrome de Down e, ao mesmo tempo, combater o preconceito.

O evento marca o Dia Internacional da Síndrome de Down, lembrado no último dia 21. Nas proximidades do Posto 8, representantes do Ministério Público do Rio de Janeiro (MPRJ) ouviram demandas das famílias e das pessoas com deficiência. As manifestações serão encaminhadas aos centros de Apoio do MPRJ, para que sejam transformadas em ações e projetos voltados à inclusão. Houve ainda, apresentações judô, pintura e desenho, além de rodas de samba.

A ouvidora-geral do Ministério Público do Rio de Janeiro, procuradora de Justiça Denise Freitas Fabião Guasque, sustentou o compromisso do MPRJ em garantir o direito de cidadania a todas as pessoas. Para ela, o evento de hoje comprovou a importância da informação e da inclusão. “Para nós, é fundamental garantir o direito constitucional ao pertencimento à sociedade, plural e diversa, e o MPRJ quer estar cada vez mais perto da população para garantir esses direitos.”

Fonte: EBC – Agência Brasil

9 respostas para “O que aprendi ao falar no TEDx Talks”

  1. Bom dia. Sou pessoa que gagueja e a vida toda sofri com essa dificuldade. Não consigo me expressar a maneira que gostaria. A gagueira me causa sofrimento, tenho 36 anos e sempre gaguejei. No trabalho isso me causa desconforto, porque as pessoas não entendem o que é a gagueira, alguns riem, outros fazem piadas, outros tem pena de mim. Em entrevistas de emprego sou excluída.
    Não sou uma pessoa considerada ” normal”, mas também não sou considerada deficiente. Esse projeto de lei me trouxe esperança. Muito obrigada pela postagem.

  2. Vcs que tem alguma diferença física dos outros, nuncam se sintam inferiores, somos todos iguais. Deus, Ele nos fez perfeitos com muito amor e todos somos capazes, nunca deixe se elevar pelo sentimento ruim de alguém que não sabe se expressar, qualquer ser humano pode superar suas dificuldades, se orgulhe de vcs, são capazes de fazer sempre o melhor, e use a seu favor: a paciência, benovolência e a calma e toda a sabedoria que vcs tem. Um grande abraço meus irmãos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *