Programa de rádio se torna marco de inclusão para cegos

Conheça a trajetória de Jean Schutz, jornalista que há quase vinte anos ressalta o talento de pessoas com deficiência visual no rádio catarinense

Em fundo azul , ícone de um homem cego com uma bengala e um cão-guia
Compartilhe:

No quadro O Rádio Faz História, do programa Todas as Vozes, as memórias do rádio no Brasil e no mundo são resgatadas através de áudios históricos, fornecidos pela rede de colaboradores do quadro e pelo próprio âncora Marcus Aurélio.

Esta postagem homenageia o jornalista e radialista cego Jean Schutz, de 36 anos. Ele recentemente comemorou 16 anos de atividades na produção, comercialização e apresentação do programa “Domingo Especial”. Transmitido pela Rádio Mais Alegria AM (1060 KHz), de Florianópolis (SC), o programa vai ao ar aos domingos, das 13h às 14h30min, e se tornou um marco para a inclusão de pessoas com deficiência visual na Comunicação em Santa Catarina.

O programa está disponível online no site da EBC.

O Todas as Vozes vai ao ar de segunda a sexta-feira, das 7h às 9h, na Rádio MEC Rio.

Apresentação: Marcus Aurélio e equipe.

Fonte: EBC

6 respostas para “O que aprendi ao falar no TEDx Talks”

  1. Bom dia. Sou pessoa que gagueja e a vida toda sofri com essa dificuldade. Não consigo me expressar a maneira que gostaria. A gagueira me causa sofrimento, tenho 36 anos e sempre gaguejei. No trabalho isso me causa desconforto, porque as pessoas não entendem o que é a gagueira, alguns riem, outros fazem piadas, outros tem pena de mim. Em entrevistas de emprego sou excluída.
    Não sou uma pessoa considerada ” normal”, mas também não sou considerada deficiente. Esse projeto de lei me trouxe esperança. Muito obrigada pela postagem.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *