SP tem novo local de exame de direção para PCDs

Parceria entre Detran.SP e Secretaria dos Direitos da Pessoa com Deficiência permite dobrar capacidade mensal de provas

Foto de uma chave de carro presa a um chaveiro de metal quadrado; ele é azul e tem o símbolo de pessoa com deficiência física
Compartilhe:

O Governador em exercício, Rodrigo Garcia, a Secretária de Estado dos Direitos da Pessoa com Deficiência, Célia Leão, o diretor-presidente do Departamento Estadual de Trânsito de São Paulo (Detran.SP), Paulo Roberto Falcão Ribeiro, inauguraram nesta terça-feira (14), em São Paulo, um novo local de exames práticos de direção veicular para pessoas com deficiência e mobilidade reduzida.

Instalado no Centro de Tecnologia e Inovação – Imigrantes, anexo ao Centro de Treinamento Paraolímpico Brasileiro, na zona sul da Capital, o espaço atenderá cerca de 120 candidatos a motoristas com algum tipo de deficiência física por semana. No futuro, com mais demanda, a capacidade pode chegar a 150 atendimentos diários.

“O Detran se transformou nos últimos anos, virou um dos melhores serviços públicos prestados pelo Estado . Agora, cabe a todos nós procurar oportunidades de melhoria e cada vez mais prestar o melhor serviço público”, destacou o Governador em exercício Rodrigo Garcia. Ele lembrou que “todo esforço que está sendo feito é para atender as pessoas, em especial as que mais precisam”.

Em média, 3.600 pessoas com deficiência ou mobilidade reduzida fazem mensalmente a prova prática em São Paulo, na unidade Aricanduva do Detran.SP, na zona leste. Com o novo local na zona sul, a capacidade mensal praticamente vai dobrar, proporcionando melhor atendimento à população. No total, 12 mil candidatos a motorista fazem exame prático na Capital, incluindo aqueles sem nenhuma deficiência.

“O Detran de São Paulo reafirma o compromisso com a cidadania, a dignidade e com a igualdade de direitos. Este segundo local para a realização de exames práticos para pessoas com deficiência é mais uma ação do governo paulista no sentido de universalizar o acesso ao processo de habilitação de condutores”, afirmou o diretor-presidente do Detran.SP, Paulo Roberto Falcão Ribeiro.

O novo espaço inaugurado conta com banheiros acessíveis, hall coberto para espera, três salas para atendimento médico, acessibilidade, auditório e a pista com o trajeto da avaliação. Os alunos chegam ao local, passam por avaliação médica e, em seguida, fazem a prova, também acompanhados de médico e examinador.

“Este é um local acolhedor. Com estacionamento e mobilidade para embarque e desembarque das pessoas com deficiência, facilitando para quem vem fazer prova”, destacou Célia Leão, Secretária dos Direitos da Pessoa com Deficiência.

O passo a passo para o processo de obtenção de CNH para pessoas com deficiência está no portal do Detran.SP. Candidatos surdos podem acompanhar um tutorial em Libras.

Fonte: Portal do Governo do Estado de S. Paulo

11 respostas para “O que aprendi ao falar no TEDx Talks”

  1. Bom dia. Sou pessoa que gagueja e a vida toda sofri com essa dificuldade. Não consigo me expressar a maneira que gostaria. A gagueira me causa sofrimento, tenho 36 anos e sempre gaguejei. No trabalho isso me causa desconforto, porque as pessoas não entendem o que é a gagueira, alguns riem, outros fazem piadas, outros tem pena de mim. Em entrevistas de emprego sou excluída.
    Não sou uma pessoa considerada ” normal”, mas também não sou considerada deficiente. Esse projeto de lei me trouxe esperança. Muito obrigada pela postagem.

  2. Vcs que tem alguma diferença física dos outros, nuncam se sintam inferiores, somos todos iguais. Deus, Ele nos fez perfeitos com muito amor e todos somos capazes, nunca deixe se elevar pelo sentimento ruim de alguém que não sabe se expressar, qualquer ser humano pode superar suas dificuldades, se orgulhe de vcs, são capazes de fazer sempre o melhor, e use a seu favor: a paciência, benovolência e a calma e toda a sabedoria que vcs tem. Um grande abraço meus irmãos.

  3. em algumas companhias de avião (Latam, Gol…) só é permitido o voo gratuito do def.fisico em caso de tratamento médico comprovado, para isso deve preencher cadastro valido por um ano, no caso do acompanhante terá 50% de desconto na viagem. melhores informações no Youtube “Pessoas com deficiência terão passe livre em aviões” ou similares. boa sorte

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *