EXPO CIEE contará com o primeiro Escape Inclusivo do Brasil

A ação, que faz parte do projeto INCLUI CIEE, será realizada nos três dias do evento e trará dois jogos de fuga enigmáticos e desafiadores

Ilustração lúdica com a planta do prédio da Bienal do Ibirapuera
Compartilhe:

A Expo CIEE, que ocorre de 23 a 25 de maio na Bienal do Ibirapuera, em São Paulo, terá o primeiro Escape Inclusivo do Brasil. O evento tem como objetivo de promover, em um único espaço, o encontro entre empresas e instituições de ensino e proporcionar a troca de informações sobre formação, crescimento profissional e oportunidades de trabalho para jovens.

A ideia dos jogos de fuga imersivos surgiu da parceria do CIEE (Centro de Integração Empresa-Escola) com a empresa Área 67, especializada em escape game corporativo e atende a eventos diversos, workshops e empresas que têm interesse em transformar suas dinâmicas em experiências únicas.

Dois jogos, que deverão ser agendados no local, foram criados com exclusividade pela Área 67 para testar as habilidades e o raciocínio dos jogadores, em uma experiência real e interativa. Os participantes serão trancados por 15 minutos em uma sala e terão que realizar um trabalho em equipe, utilizando várias pistas para resolver enigmas e escapar da sala antes que o tempo acabe.

A ação faz parte do Inclui CIEE, um programa de inclusão e inserção socioprofissional, que visa encaminhar candidatos com deficiência para vagas em empresas parceiras do CIEE nos programas de estágio e de aprendizagem. Trata-se da expansão de um serviço oferecido pela entidade, que desde 1999 em ressonância com a Lei da inserção da pessoa com deficiência, já beneficiou mais de 40 mil jovens com deficiência a vagas de estágio, aprendizagem e emprego. O projeto conta com sede física em São Paulo, onde é oferecido atendimento à pessoa com deficiência com profissionais capacitados para atender especificamente esse público contando com atendentes fluentes em libras.

O foco do evento será promover um espaço diversificado para todos os públicos dentro da feira. Os jogos acessíveis, que contarão com enigmas em libras e brailes, será um programa divertido e cheio de desafios. Os cadeirantes também terão estrutura completa e quem não tem nenhuma deficiência também poderá participar dos jogos.

“Durante as edições anteriores do evento, realizadas em São Paulo, percebemos a necessidade de incluirmos alguma atividade específica para esse tipo de público na feira, e ano passado montamos pela primeira vez um stand exclusivo para o INCLUI CIEE, onde fizemos uma apresentação do que já fazemos para o público em geral conhecer mais do nosso projeto. Já esse ano foi idealizado um projeto maior, que pudesse inserir esse público de uma maneira diferente e mais participativa no evento”, conta Cristina Mango, supervisora de planejamento e inteligência de mercado do CIEE.

A Expo CIEE contará com banheiros adaptados, rampas de acesso e elevadores. O último dia de evento também contará com transporte gratuito e adaptado de ida e volta para receber os visitantes portadores de deficiências especiais e seus acompanhantes. Duas vans do Atende+ e um carro do Inclui CIEE ficarão disponíveis na estação Vila Mariana, a partir das 8h. O tempo entre uma partida e outra será de 20 minutos ou assim que a van estiver lotada. A partir das 17h00, as vans ficarão estacionadas no Parque do Ibirapuera e os levarão de volta à estação do metrô.

O evento é gratuito, aberto ao público e voltado para jovens que buscam uma oportunidade no mundo do trabalho. As inscrições da 22ª EXPO CIEE São Paulo, a maior e tradicional feira da América Latina no segmento, já estão abertas. A feira promete muita interação, conhecimento e entretenimento aos visitantes que por lá passarem.

Fonte: Assessoria

9 respostas para “O que aprendi ao falar no TEDx Talks”

  1. Bom dia. Sou pessoa que gagueja e a vida toda sofri com essa dificuldade. Não consigo me expressar a maneira que gostaria. A gagueira me causa sofrimento, tenho 36 anos e sempre gaguejei. No trabalho isso me causa desconforto, porque as pessoas não entendem o que é a gagueira, alguns riem, outros fazem piadas, outros tem pena de mim. Em entrevistas de emprego sou excluída.
    Não sou uma pessoa considerada ” normal”, mas também não sou considerada deficiente. Esse projeto de lei me trouxe esperança. Muito obrigada pela postagem.

  2. Vcs que tem alguma diferença física dos outros, nuncam se sintam inferiores, somos todos iguais. Deus, Ele nos fez perfeitos com muito amor e todos somos capazes, nunca deixe se elevar pelo sentimento ruim de alguém que não sabe se expressar, qualquer ser humano pode superar suas dificuldades, se orgulhe de vcs, são capazes de fazer sempre o melhor, e use a seu favor: a paciência, benovolência e a calma e toda a sabedoria que vcs tem. Um grande abraço meus irmãos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *