Companhia pernambucana traz espetáculo e oficina para Itajaí e Balneário Camboriú

Apresentações são gratuitas e contemplam pessoas com deficiência auditiva e visual

'
Compartilhe:

O espetáculo pernambucano “O Amor de Clotilde por um certo Leandro Dantas” será apresentado em Itajaí e Balneário Camboriú, em Santa Catarina, pela primeira vez. A peça da Trupe Ensaia Aqui e Acolá (Recife-PE) é inspirada em um romance escrito em 1909 a 1912 e conta a trágica história de amor de Clotilde, emparedada viva pelo pai, por engravidar do galante Leandro Dantas.

Algumas das sessões do espetáculo contarão com intérprete de libras para espectadores surdos e audiodescrição para cegos (verificar abaixo as informações detalhadas).

Todas as apresentações são gratuitas e acontecem nos dias 5, 6 e 7 de junho no Teatro do SESC-Itajaí, e nos dias 12, 13 e 14 de junho no Teatro Bruno Nitz de Balneário Camboriú. A história do emparedamento da jovem é uma das lendas que fazem parte do imaginário recifense baseada na obra “A emparedada da Rua Nova”, do escritor pernambucano Carneiro Vilela. O espetáculo trabalha elementos do teatro e do circo para contar sua própria versão, com desfecho diferente da obra original, com direito a referências à cultura pop e ao imaginário popular. A classificação etária é de 11 anos e a duração da peça é 1h30.

Oficina

Além do espetáculo a Trupe pernambucana irá trazer uma oficina de “mímica corporal dramática: a precisão e a comunicação do movimento cênico”. Ministrada por Jorge de Paula (Diretor/Ator/Arte-Educador), a oficina integra o projeto de circulação do espetáculo “O amor de Clotilde por um certo Leandro Dantas” e possui como base para o seu conteúdo programático as pesquisas do artista francês François Delsarte (1811 1871) sobre os centros estéticos corporais.

A oficina tem como objetivo principal treinar pessoas interessadas em vivenciar técnicas de preparação corporal, através do estudo de movimentos de expansão, contração, tensão, relaxamento, tempo, ritmo e respiração, para a composição de cenas mímicas.

A oficina será dia 08 de junho, sábado, no SESC-Itajaí, das 9h às 13h, e no dia 15 de junho, sábado, no SESC-BC, das 9h às 13h. Inscrições: karoline@subjetil.com.br ou (47) 9 9914-7396. Número máximo de participantes: 30 alunos.

Intercâmbio

Após as sessões dos espetáculos, a Trupe Ensaia Aqui e Acolá propõe o encontro e troca entre os artistas do grupo e artistas locais de cada cidade contemplada pelo projeto. Nesse encontro, os grupos poderão trocar experiências sobre os seus processos de criação artística, gestão e sustentabilidade para a manutenção de seus trabalhos.

O intercâmbio acontecerá nas duas cidades após a oficina, das 14h às 15Camb
Obs.: Intérprete de libras em todas as sessões para espectadores surdos e audiodescrição para espectadores cegos
Classificação etária: 11 anos

O quê: Oficina Gratuita.
Quando: sábado (8/6) das 9h às 13h
Onde: Sesc-Itajaí
Obs.: Inscrições por e-mail karoline@subjetil.com.br ou pelo telefone (47) 9 9914-7396
Intercâmbio: 14h às 17h

O quê: Espetáculo: “O Amor de Clotilde por um certo Leandro Dantas”
Onde: Teatro Bruno Nitz de Balneário Camboriú
Endereço: Avenida Central, Rua 300 – Centro, SC, Baln. Camb – SC
Quando: quarta-feira (12/6), às 14h, e quinta e sexta-feira (13 e 14/6), às 20h
Quanto: gratuito
Obs: terá intérpretes de libras em todas as sessões para espectadores surdos; a apresentação do dia 12 contará com audiodescrições
Classificação etária 11 anos

 

O quê: Oficina Gratuita
Quando: sábado (15/6), das 9h às 13h
Onde: SESC-Balneário Camboriú
Endereço: Av. Central, 360 – Centro, Balneário Camboriú
Obs.: inscrições por e-mail karoline@subjetil.com.br ou por telefone (47) 9 9914-7396
Intercâmbio de 14h às 17h

Fonte: assessoria. 

 

9 respostas para “O que aprendi ao falar no TEDx Talks”

  1. Bom dia. Sou pessoa que gagueja e a vida toda sofri com essa dificuldade. Não consigo me expressar a maneira que gostaria. A gagueira me causa sofrimento, tenho 36 anos e sempre gaguejei. No trabalho isso me causa desconforto, porque as pessoas não entendem o que é a gagueira, alguns riem, outros fazem piadas, outros tem pena de mim. Em entrevistas de emprego sou excluída.
    Não sou uma pessoa considerada ” normal”, mas também não sou considerada deficiente. Esse projeto de lei me trouxe esperança. Muito obrigada pela postagem.

  2. Vcs que tem alguma diferença física dos outros, nuncam se sintam inferiores, somos todos iguais. Deus, Ele nos fez perfeitos com muito amor e todos somos capazes, nunca deixe se elevar pelo sentimento ruim de alguém que não sabe se expressar, qualquer ser humano pode superar suas dificuldades, se orgulhe de vcs, são capazes de fazer sempre o melhor, e use a seu favor: a paciência, benovolência e a calma e toda a sabedoria que vcs tem. Um grande abraço meus irmãos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *