Evento online discute surdez, qualidade de vida e reabilitação auditiva

Simpósio internacional, que acontece de 30/11 a 04/12, traz especialistas brasileiros e internacionais e familiares para debater questões ligadas à deficiência auditiva

Compartilhe:

Com o objetivo de promover o tema da surdez e da qualidade de vida e reabilitação auditiva em conjunto com famílias, profissionais e parceiros, o Instituto Escuta em parceira com o grupo de orientação clínica e empresa Audição na Criança, realizará, pela primeira vez, o “Surdez e Escuta: simpósio internacional multidisciplinar sobre surdez na infância”, um evento beneficente 100% online com a participação dos principais especialistas dedicados ao tema.

O evento será realizado entre os dias 30/11 e 04/12 e terá sua renda totalmente revertida para a realização de atividades educativas e a compra de aparelhos de amplificação sonora individual. A programação completa está disponível no site e nas redes sociais do Instituto, Instagram e Facebook.

A inscrição pode ser feita pelo link https://www.sympla.com.br/surdez-e-escuta-simposio-internacional-multidisciplinar-sobre-surdez-na-infancia__987117.

“Queremos trazer informações de qualidade, produzir conteúdos e promover a interação entre todos os distintos públicos que discutem o tema ‘surdez’”, explica Carla Rigamonti, presidente do Instituto Escuta. “Na contramão do isolamento social implantado durante a pandemia, o distanciamento trouxe a possibilidade de nos aproximarmos e ampliarmos a ação com o objetivo de atender diversas famílias no Brasil. Conseguimos reunir um time incrível de profissionais da fonoaudiologia, saúde mental e medicina com ampla experiência e um olhar diferenciado, dedicado às escolhas feitas pelas famílias de crianças surdas e as equipes que as acolhem, além da qualidade dos resultados”, ressalta Carla.

Entre os convidados, estão Lilian Flores, Licenciada em Educação Especial, Cognição e Linguagem e Doutora em Pedagogia, Maria Emilia de Melo, Speech-Language Pathologist, Audiologist, LSLS Certified Auditory Verbal Therapist, Katia de Almeida, fonoaudióloga especialista em Audiologia pelo Conselho Federal de Fonoaudiologia, e as especialistas internacionais Jane Madell, audiologista certificada, speechlanguage pathologist e Listening and Spoken Language Specialist e Mary Beth Goring, psicóloga e terapeuta com certificação em casais e famílias.

O Instituto Escuta oferece tratamentos para crianças com aparelhos auditivos e implantes cocleares, um dispositivo que estimula diretamente o nervo auditivo através de pequenos eletrodos que são colocados dentro da cóclea, levando estes sinais para o cérebro. Atendendo em grupos de famílias com acompanhamentos psicológicos e atividades em conjunto com os filhos, o instituto promove a qualidade de vida mental e social para os participantes na vida da criança com deficiência auditiva.

Sobre Instituto Escuta: O Instituto Escuta teve início em 2011 como um projeto piloto chamado Programa Espaço Escuta. Nesses primeiros anos o serviço esteve dentro de uma empresa privada, que patrocinava todas as atividades. O objetivo de Escuta sempre foi escutar as famílias e pensar junto na melhor forma de promover qualidade de vida mental e social para os envolvidos na vida da criança surda. O Instituto Escuta se constitui em 2016, como uma OSC (Organização da Sociedade Civil) e junto com a campanha de crowdfunding, recebendo os primeiros grupos em 2017. O Projeto de Intervenção tem início com uma Avaliação interdisciplinar, que é a porta de entrada e uma oferta a todas as famílias que querem participar do Instituto. A avaliação é feita por profissionais da Psicologia, Fonoaudiologia e Serviço Social e tem como propósito oferecer uma devolutiva para a família sobre o momento do desenvolvimento da criança.

Com informações de assessoria de imprensa.