Shopping promove Colônia de Férias Acessível durante o mês de janeiro

Oficinas serão realizadas aos domingos e terão tradução em Libras e audiodescrição

Foto de um homem com um fantoche na mão direita. Ele está de lado e olha para o boneco.
Compartilhe:

No mês das férias, a programação do Mundinho Kids on-line do Shopping Metropolitano Barra disponibilizará em suas redes sociais conteúdo de entretenimento infantil com recursos de acessibilidade.

Serão quatro domingos de programação. Nos dias 10, 17 e 24 de janeiro, vão ao ar vídeos lúdicos que, além de entreter, trarão diferentes atividades para fazer em casa. No último domingo, 31 de janeiro, haverá uma Live interativa com troca de experiências a partir das atividades realizadas ao longo do mês.

Os conteúdos, que terão tradução em libras e autodescrição, irão mostrar situações cênicas que remetem ao universo que alguns pais, mães e familiares vivem no dia-a-dia quando têm uma criança ou adolescente com deficiência. A acessibilidade permeará todo o conteúdo, tanto na parte técnica como na dramaturgia.

Fabricio Moser, ator, diretor, professor, pesquisador de teatro e criador do projeto “Teatro da Inclusão”, estrelará os episódios, não só apresentando as atrações, mas desdobrando-se em vários personagens ao longo dos episódios. Para isso, a criação contou com a participação da professora universitária Marcia Berselli que fez o acompanhamento do projeto e assessoria em acessibilidade. Ricardo Martins, diretor de cinema, também fez parte da colaboração artística do projeto.

“Muito se discute sobre inclusão e acessibilidade no ambiente corporativo, mas o capacitismo, que é uma realidade, às vezes passa despercebido. A ideia de ter uma programação de férias inteira dedicada ao tema reflete nosso propósito de verdadeiramente trabalhar a favor da inclusão, dando a relevância que lhe é merecida. As grandes companhias têm papel influenciador e deve ser desempenhado de maneira plena e verdadeira, não apenas para fins de promoção da marca. Trabalhar a diversão com foco na acessibilidade é a melhor maneira de entreter a criança com deficiência, mas também conscientizar todas as outras”, avalia Eliza Santos, Gerente de Marketing do Shopping Metropolitano Barra.

Confira a programação:

10/01, 16h – Oficina de Fantoches de Papel
Além de ensinar fazer os fantoches de papel através de desenhos e dobraduras, Fabricio Moser ainda monta uma cena com o personagem Edu – interpretado por ele mesmo – e as legendas no diálogo possuem cores diferentes o que ajuda a tornar o conteúdo ainda mais acessível.

17/01, 16h – Oficina de Papel Machê
A ideia é explorar a criatividade dos pequenos por meio do artesanato com papel machê.

24/01, 16h – Oficina Musical
A oficina vai trazer ritmos sonoros, música e construção de instrumentos musicais com material reciclável.

31/01, 16h – Live Palco Aberto
Live interativa com troca de experiências a partir dos conteúdos apresentados.

Ficha Técnica

Criação e Atuação: Fabrício Moser
Colaboração Artística: Ricardo Martins
Consultoria de acessibilidade: Marcia Berselli
Câmera: Carla Ermelindo
Assistente de câmera: Marcos Ribeiro
Edição: Wanderson Mirandela
Produção Executiva: Mango Produções

Com informações de assessoria de imprensa.

 

9 respostas para “O que aprendi ao falar no TEDx Talks”

  1. Bom dia. Sou pessoa que gagueja e a vida toda sofri com essa dificuldade. Não consigo me expressar a maneira que gostaria. A gagueira me causa sofrimento, tenho 36 anos e sempre gaguejei. No trabalho isso me causa desconforto, porque as pessoas não entendem o que é a gagueira, alguns riem, outros fazem piadas, outros tem pena de mim. Em entrevistas de emprego sou excluída.
    Não sou uma pessoa considerada ” normal”, mas também não sou considerada deficiente. Esse projeto de lei me trouxe esperança. Muito obrigada pela postagem.

  2. Vcs que tem alguma diferença física dos outros, nuncam se sintam inferiores, somos todos iguais. Deus, Ele nos fez perfeitos com muito amor e todos somos capazes, nunca deixe se elevar pelo sentimento ruim de alguém que não sabe se expressar, qualquer ser humano pode superar suas dificuldades, se orgulhe de vcs, são capazes de fazer sempre o melhor, e use a seu favor: a paciência, benovolência e a calma e toda a sabedoria que vcs tem. Um grande abraço meus irmãos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *