Cultura acessível: peça “O Musical da Passarinha” conta com Libras e audiodescrição

Espetáculo infantil fica em cartaz na capital paulista até 10 de abril e trata de temas como encontros e despedidas e realização de sonhos

Foto de duas mulheres negras lado a lado, se olhando. Uma delas está em pé e com a mão nos ombros da que está sentada.
Compartilhe:

O espetáculo infantil “O Musical da Passarinha” foi pensado para promover o acesso de todas as pessoas – com ou sem deficiência – ao teatro. Ele conta com Libras e audiodescrição e tem texto, letras e direção geral de Emílio Rogê.

A peça estreou em fevereiro e segue em cartaz até 10 de abril, no Teatro Sérgio Cardoso, na Bela Vista, em São Paulo/SP. Ela tem sessões aos sábados e domingos, às 15h e, às sextas, estão programadas apresentações gratuitas, exclusivas para escolas e instituições que atendam crianças com deficiência.

“Estamos contando uma história que leva em consideração a vontade de chegar ao maior número de crianças possível, pensando em suas singularidades e necessidades. Foi preciso inventar uma nova gramática teatral, em que nenhum sentido seja destacado mais que outro. Como cantar para quem não ouve? Aprendemos Libras! Como mostrar a encenação para quem não vê? Estamos conhecendo e entendendo a audiodescrição. Assim, formatamos o texto para todas essas linguagens, que, para nós artistas, são pouco conhecidas. E é nosso dever aprendê-las”, conta Rogê.

O professor de Libras, inclusive, tornou-se parte do elenco. Harrison Adams é um ator surdo, muito apaixonado pelas artes cênicas, que tem sido fundamental no processo de criar um espetáculo totalmente inclusivo. Juntam-se a ele os atores e atrizes Júlia Sanchez, Ananza Macedo, Stacy Locatelli, Felipe Hideki, Luísa Grilo e Daniel Costa.

Na trama, o público conhece personagens delicados e sonhadores: a menina Rita deseja conhecer o teatro, mesmo vivendo em uma cidade onde não existe o palco; sua mãe Carmen gostaria de voar; e seu melhor amigo Miguel, que é surdo, quer dançar.

Serviço:

O musical da passarinha

Até 10 de abril, aos sábados e aos domingos, às 15h

Projeto Escola: Às sextas-feiras, as sessões são gratuitas e exclusivas para escolas e instituições que atendem crianças deficientes. (os agendamentos são feitos pelo e-mail agenciadramatica@gmail.com)

Ingressos: R$40 (inteira) e R$20 (meia-entrada)

Classificação: Livre
*Haverá interpretação de libras e audiodescrição em todas as apresentações.

Crédito da foto: Rubens Crispim Jr

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *