Turma da Mônica apresenta Sueli, sua primeira personagem surda

Personagem fez estreia ontem, 1º de maio, nas redes sociais do Instituto Mauricio Souza durante abertura oficial das Surdolimpíadas de Verão

Ilustração da personagem Sueli.
Compartilhe:

A Turma da Mônica apresentou neste domingo, 1º de maio, a primeira personagem surda, Sueli, uma garota de 9 anos que é fã de esportes. Sua estreia aconteceu em postagem feita pelo Instituto Mauricio de Sousa nas redes sociais em parceria com a 24ª Surdolimpíadas de Verão, que iniciou ontem e segue até 15 de maio, em Caxias do Sul, no Rio Grande do Sul.

“Hoje começam os Jogos Surdolímpicos de Verão, evento multidesportivo mais antigo da história depois das Olimpíadas. E com esse evento a MSP apresenta Sueli, a primeira personagem surda da Turminha. Vamos, Brasil!”, diz a publicação de apresentação da personagem no Instagram.

Sueli se comunica pela Língua Brasileira de Sinais (Libras), como meio legal de comunicação e expressão dos surdos, conforme a Lei 10.436/2002. Em suas histórias, ela deve abordar os aspectos e temas comuns à comunidade surda, além de reforçar a importância da acessibilidade e da inclusão.

A ideia de criação da personagem nasceu de uma vontade antiga do desenhista Mauricio de Sousa e, com a realização do evento olímpico, ganhou forma. Em sua 24ª edição, a Surdolimpíadas de Verão irá receber atletas surdos de mais de 77 nacionalidades, que irão disputar diversas modalidades, sendo elas 20 masculinas e 18 femininas.

“A Turma da Mônica já apareceu em várias histórias se comunicando com Libras, e já fazia tempo que eu pensava em trazer uma personagem surda para fazer parte da turminha. O fato de as Surdolimpíadas acontecerem pela primeira vez no Brasil foi um ótimo incentivo para que a Sueli finalmente nascesse”, diz Mauricio de Sousa, pai da Turma da Mônica.

Para elaborar a personagem, os estúdios da Mauricio de Sousa Produções contaram com a colaboração da organização da 24ª Surdolimpíadas e de professores da Derdic, instituição sem fins lucrativos, mantida pela Fundação São Paulo e vinculada academicamente à PUC São Paulo que atua na educação, acessibilidade e empregabilidade de surdos, e oferece atendimento clínico para pessoas de baixa renda com alterações de audição, voz e linguagem.

Com a chegada da nova moradora do bairro do Limoeiro, a Turma da Mônica expande a representatividade de Pessoas com Deficiência, pois já possui personagens como Luca, que é cadeirante; Dorinha, que é cega; Tati, com síndrome de Down; e André, autista.

Sobre as Surdolimpíadas

A Surdolimpíadas é um evento multidesportivo internacional, organizado pelo Comitê Internacional de Esportes para Surdos (ICSD – International Committee of Sports for the Deaf). A primeira edição, realizada em Paris em 1924, foi também o primeiro evento esportivo para pessoas com deficiência.

A Surdolimpíadas de Verão acontece a cada 4 anos e é o evento multidesportivo mais antigo, depois dos Jogos Olímpicos. Para a 24ª edição de Verão, espera-se receber 6.500 pessoas entre surdoatletas e comissões técnicas e equipes de mais de 77 países.

Como marco histórico, o Brasil será o primeiro país da América Latina a sediar os Jogos Surdolímpicos de Verão, que será também o maior evento poliesportivo já realizado no estado do Rio Grande do Sul.

Para a comunicação, as línguas reconhecidas são Libras, SI (Língua internacional de sinais) e o Inglês; na arbitragem, a diferença é que os sinais sonoros são alterados para sinais luminosos; haverá intérpretes de Libras, SI (ouvintes e surdos na equipe da interpretação) e as delegações vêm acompanhadas de intérpretes que sinalizam na língua de cada país.

Com informações de assessoria de imprensa.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *